A prática de uma vida saudável sem comodismo


Por Agência CentralSul de Notícias

 

A busca por um corpo definido.(foto: Márcio Fontoura)

A busca por um corpo definido.(foto: Márcio Fontoura)

Com a chegada das altas temperaturas, a busca por um padrão estético e por um melhor estado de saúde tem levado muitas pessoas a procurar as academias de ginásticas. A pesquisa divulgada pelo ministério da saúde, em parceria com o Vigitel (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico),  indica que 33,8% dos brasileiros praticam algum tipo de atividade física regularmente, um aumento de 12,6% nos últimos cinco anos.

Uma pesquisa feita em Santa Maria com 20 estudantes entre ­­­­18 e 29 anos, revelou que 16 são adeptos de alguma atividade física regularmente. Dos 10 homens entrevistados, oito praticam mais de um esporte semanalmente (Futebol, corrida e musculação).  “A musculação e a bike são como uma terapia, onde eu me alivio e perco toda tensão do dia-dia”, comenta Patrick Hairon Ferreira, 20 anos.

Entre as 10 mulheres, seis também praticam atividades variadas, como dança, caminhada e academia. ”A dança me deixa mais tranquila”, afirma Mariana da Silva, 22 anos.

Apesar do aumento da prática de exercícios físicos, o número de pessoas sedentárias ainda é alto, segundo a Organização Mundial de Saúde. A estudante Marjana Almeida, 21 anos é uma das pessoas que não costumam realizar nenhuma atividade física. “Me considero sedentária, tenho um dia corrido e confesso que sou preguiçosa, não reservo nenhum tempo para praticar exercícios”, elucida a estudante.

Conciliar atividade física com o tempo, realmente é um grande desafio para muitas pessoas, tendo em vista que a correria e os afazeres do dia-dia demandam muita dedicação.

10813800_712622502167596_689519633_o

Jovens são a maioria nas academias em Santa Maria. Foto: Márcio Fabrício Martins

 Mas para ter uma boa saúde, é preciso deixar de lado o comodismo e procurar maneiras de exercitar o corpo. Para o professor de Educação Física Eduardo Lopes, as vantagens da prática de exercícios físicos são inúmeras, entre os benefícios estão: a prevenção do risco de diabetes, de doenças cardíacas, da obesidade e da hipertensão arterial. O professor ainda comenta que toda atividade física ajuda a ter uma melhor mobilidade e boa disposição, além de contribuir para o ânimo e a resistência para as demais atividades do dia-dia.

 O uso de suplemento, segundo Eduardo é para pessoas com um alto rendimento esportivo, pessoas que tem um dia corrido, que treinam bastante e que já estejam em um nível intermediário para o avançado. “É importante que antes de começar o uso de algum tipo de suplementação, que a pessoa passe por uma avaliação com um nutricionista, caso contrário é preciso ter muito cuidado”, finaliza Eduardo.

A nutricionista Natália Dotto Flores dá orientação para aqueles que buscam ganhos de massa muscular. Ela ressalta que antes de qualquer contra-indicação o paciente passa por uma avaliação, onde a dieta será avaliada individualmente, de acordo com o biótipo de cada um. “Alguns com maior pré disposição a ganhar massa muscular e outros com menos, verificamos sempre o peso e calculamos o valor do parâmetro de proteína para cada caso”.

Os intervalos de cada alimentação se darão conforme o ritmo de cada paciente e dos horários em que ele costuma malhar. A recomendação da alimentação é prescrita com base em cada período de treino.

A recomendação da suplementação vai depender do tipo de cada suplemento, como por exemplo, os termogênicos, com o intuito de acelerar o metabolismo, não é  indicado para pessoas com problemas cardíacas. Os ricos em proteínas, também não é indicado para pessoas que já apresentaram algum tipo de problema renal ou que apresentam algum valor de indicio renal aumentado. “ É por isso que antes de qualquer indicação, o profissional da nutrição solicita os exames para uma avaliação mais concreta”, finaliza a nutricionista.

É importante salientar, que o instrutor não estudou nutrição, por isso não é de sua competência prescrever qualquer tipo de suplemento, então antes de qualquer coisa, busque sempre esclarecimentos com um nutricionista.

Por Márcio Fabrício Martins

Sobre o autor:

Agência CentralSul de Notícias

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *