Campanha já arrecadou R$ 25 mil para projeto do Memorial às Vítimas da Kiss


Por Jornalismo Digital

 

Tenda da vigília é local de informações sobre o financiamento coletivo. Foto: André Polga

O financiamento coletivo para a construção do Memorial às Vítimas da Kiss segue angariando doações. A campanha, que visa mobilizar a comunidade e o empresariado é iniciativa da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM),do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) e da Prefeitura de Santa Maria.

Até o momento, mais de R$ 25 mil reais foram arrecadados para o memorial. Há três metas estipuladas: R$ 250 mil, R$ 400 mil e R$ 500 mil. Caso o primeiro valor não seja atingido, o dinheiro será devolvido para os doadores.

Todas as quartas-feiras, familiares de vítimas e apoiadores da causa se reúnem na tenda da vigília, situada na Praça Saldanha Marinho, para angariar doações a pessoas carentes e esclarecer dúvidas sobre a campanha. Segundo Alexa, publicitária e apoiadora da causa, o Memorial é importante para “que fique marcado que em Santa Maria ocorreu uma tragédia que não pode se repetir”. Já o vice-presidente da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria,  Flávio Silva, ressalta que a população deve se sentir parte do Memorial.“Será um espaço público sobre algo que faz parte da cidade. Objetivamos que o Memorial seja um espaço em prol da vida, para que isso não se repita e para que o lugar ganhe um significado novo”.

As doações para a campanha são realizadas pelo site juntos.com.vc/pt/memorialkiss com o valor mínimo de cinquenta reais. O pagamento pode ser feito via cartão de crédito ou boleto bancário. Valores abaixo desse podem ser depositados na conta da Associação, disponibilizada na tenda da vigília. O prazo para colaborar encerra no dia 2 de outubro.

Texto: André Polga

Disciplina: Jornalismo Digital 1

Professor: Maurício Dias

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *