“Clínica de Território” é tema de roda de conversa na Unifra


Por Elizabeth Lima

 

O professor Iacã durante a palestra

A sala de Conferências do prédio 17, no Conjunto III da Unifra, foi palco de uma roda de conversas sobre o tema “Clínica de Território” no último dia 29, terça-feira das 13:30 ás 16:30, e contou com a presença de mais de 250 pessoas.

A organizadora do evento, Ligia Castegnaro Trevisan, professora nos cursos de psicologia e medicina do Centro Universitário Franciscano,  explica tratar-se de um evento teórico-prático.  A aula inaugural do curso de psicologia na parte da manhã e, no turno da tarde, a roda de conversa, dirigida não só para os alunos da instituição, mas também para os funcionários da saúde da cidade de Santa Maria, Alegrete, Mata e São Sepé, além de alunos da UFSM, FISMA.

Segundo Ligia, a proposta do evento é refletir sobre outras possibilidades do fazer da clínica, falar sobre o cuidado em saúde para além de saber do especialista. A professora, habituada a levar os acadêmicos para estágios fora da Unifra, percebeu a necessidade de abrir as portas da instituição às pessoas que estão na clínica, trabalhando em saúde, para refletir sobre esse exercício a partir do olhar da universidade. Ela acredita que, como universidade, pode-se proporcionar  a troca de aprendizado entre os serviços de saúde e universidade.

Palestra

A palestra ficou a cargo do professor Iacã Machado Macerata, da Universidade Federal Fluminense. Ele é psicólogo graduado pela PUC-RS, com doutorado em psicologia com evidência em estudos da relatividade, clínica e política. Iacã iniciou seus trabalhos com pessoas em situação de rua em 2004, como estagiário na prefeitura de Porto Alegre, no extinto Programa de Atenção Integral da criança e do adolescente (PAICA-RUA). Ele também atuou como psicólogo do Ação e Rua Porto Alegre, para crianças e adolescentes em situação de rua, e foi o coordenador da primeira equipe de consultório na rua do Rio de Janeiro.

Iacã ressalta que o objetivo principal de sua palestra enfatizada  nos Desafios Políticas no Cenário Contemporâneo nas Políticas Públicas Brasileiras, é “apresentar desafios e possibilidades de trabalho de psicologia e de saúde em geral nas políticas públicas brasileiras, especialmente no que diz respeito ao cuidado e, também, fomentar a defesa e a afirmação de serviços públicos de saúde e seguridade social, bem como a curiosidade para a criação de novas tecnologias na clínica da psicologia.”

O professor exibiu o documento técnico sobre o cuidado em saúde na atenção básica para população em situação de rua, abrigado no Acervo Digital Nacional de Humanização sob a denominação POP Rua no diretório Humaniza-SUS. Tal documento é fruto de sua pesquisa de doutorado, e foi criado em coautoria com uma equipe de saúde em geral, que atua também nas ruas.

 

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *