“Colloríssimo – A coroação e o destronamento de Collor segundo Veríssimo”


Por Agência CentralSul de Notícias

 

Lançamento será amanhã durante o 13° Encontro dos Cartunistas Gaúchos, em Santa Maria

O livro Colloríssimo – A coroação e o destronamento de Collor segundo Verissimo (Editora AGE, 160 páginas), de Breno Serafini, analisa o fenômeno da candidatura Collor a partir das crônicas de Luis Fernando Verissimo, o LFV, na revista Veja e no jornal Zero Hora.

O conjunto das crônicas analisado tem como núcleo central as produções a partir de 21 de agosto de 1989 até 1.º de abril de 1990, no jornal Zero Hora, utilizando como contraponto as publicações do autor na revista Veja, entre 7 de junho e 19 de julho de 1989. O período engloba o início do processo eleitoral até os primeiros meses do Governo Collor, como um dos mais ricos para atentarmos para a construção do processo ficcional do autor, uma das poucas vozes na imprensa brasileira a questionar o projeto neoliberal.

O estudo das crônicas de Luis Fernando Veríssimo permite estabelecer inter-relações entre o texto e o contexto da realidade sociopolítica brasileira, tendo como pano de fundo a primeira eleição presidencial brasileira pós-ditadura militar, assim como, em nível mundial, a queda do Muro de Berlim. E LFV  oferece uma leitura do cenário nacional sob a ótica do humor e da ironia ao espelhar o homem público através do seu espaço privado, em que, por detrás de um discurso escrachado, por vezes, sério, por outras, aponta uma análise crítica dos fatos políticos e culturais tupiniquins, desnudando, com eles, um conjunto de características fundantes do homem brasileiro.

O lançamento na Feira do Livro de Santa Maria acontece amanhã, dia 05 de maio (sexta-feira), das 17 às 19 horas, na abertura do13º. Cartucho (Encontro dos Cartunistas Gaúchos).

Breno Camargo Serafini, nascido em Santiago (RS), em 14 de março de 1961, reside na capital gaúcha. Com doutorado em Letras pela UFRGS, desenvolve pesquisa sobre a temática humor e ideologia. Ex-professor da rede privada de Porto Alegre, é técnico (revisor de língua portuguesa) do Centro de Documentação e Difusão de Informações da Fundação de Economia e Estatística Siegfried Heuser (FEE).

É autor de dois livros de poemas, Mosaico laico (CBJE, 2010) e Geração pixel (Edições do autor, 2011); de Millôres dias virão (Editora Libretos, 2013), sobre Millôr Fernandes; e de Picassos falsos (Buqui, 2014), crônicas. Além disso, lançou o livro infantil de poemas Bichos de todos os reinos (Edição do autor, 2015), em parceria com o cartunista Moa. Mais informações sobre o autor você pode encontrar no blog Deleituras ou em www.brenoserafini.com.br

Fonte: Simone Lersch, assessoria de imprensa

 

Sobre o autor:

Agência CentralSul de Notícias

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *