Em busca do título inédito


Por Jornalismo Digital

 

Invictos no campeonato. Não, não estamos falando de Grêmio ou Internacional e nem de futebol. Bem, até estamos, mas do futebol americano e da equipe do Santa Maria Soldiers. A equipe acumula, após quatro jogos no Brasileiro de Futebol Americano (BFA) da Conferência Sul, vitória atrás de vitória. No último dia 20, os soldados de Santa Maria garantiram a vaga antecipada na semi-final da conferência.

A boa fase com a classificação no brasileiro, título gaúcho e invencibilidade na temporada 2017 não são à toa. Em entrevista, o jogador João Siqueira nos conta que os treinamentos e o entrosamento têm feito a diferença. “Estamos juntos há algum tempo. Os jogadores que chegam só têm agregado à equipe e treinamos toda semana para que os resultados venham. Isso é fruto do nosso trabalho e da estrutura que nos é dada. Esperamos ir mais longe, mas já sabemos que é um grande passo”, relata.

  Júlio Desordi, assessor de comunicação da equipe, enfatiza aquilo que Siqueira nos contou. “Consolidamos nosso nome como uma das potências do sul do país. Agora, veremos o que o futuro da competição nos traz”, conclui Desordi.

A logística de viagens e gastos está sendo administrada pela presidência e seus dirigentes. Neste sábado (2), o Santa Maria Soldiers vai enfrentar o Timbó-Rex, atual campeão brasileiro. Na sequência, enfrenta o São José Istepós, no dia 30, em Santa Catarina.

 Soldados femininos em campo também

  Além da boa fase do time masculino, o Santa Maria Soldiers vem construindo uma nova história, agora com um time feminino.

  No mês de julho, o Soldiers fez o seu primeiro treino com equipe feminina, que recebeu cerca de 30 participantes. Ao contrário do time masculino, as meninas jogam o flag football, considerado uma iniciação ao esporte.

  Uma das atletas que do time, Renata Oliveira, 26 anos, revelou que já conhecia um pouco do esporte, pois acompanhava os jogos do time masculino, e após o convite de uma amiga resolveu participar dos treinos. “Meus amigos acharam muito legal e me apoiaram bastante. Já minha mãe ficou preocupada, porque sabia só o que via pela TV. Entretanto, nosso time é flag, ou seja, não é futebol americano e não possui contato físico”, revelou a nova atleta.

Novas seletivas

  “Novas seletivas serão realizadas no final da temporada 2017. O time está com foco total na BFA e na estruturação do extracampo”, confirma o assessor. O mesmo vale para a equipe feminina. Novatos só para 2018. Prepare-se.

Texto: Oly Fagundes

Disciplina: Jornalismo Digital 1

Professor: Maurício Dias

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *