MEC avalia polo EaD da Unifra em Brasília


Por Luis Ricardo Kaufmann

 

O dia 13 foi marcado pela nota 4 para o polo de Brasília do Centro Universitário Franciscano. O conceito, concedido pelo Ministério da Educação, levou em consideração a organização institucional para a Educação a Distância, o corpo social e as instalações físicas. Agora só falta o processo de credenciamento nesta modalidade para a oferta de cursos EaD. A Unifra já teve aprovação nos demais polos de EaD: Canguçu, Bagé, Santa Maria, Pelotas e Cruz Alta, no Rio Grande do Sul, Guaíra, no Paraná, e Dourados, no Mato Grosso do Sul.

“Foi muito importante essa avaliação, pois encerramos as visitas com notas 4 e 5. Pelotas obteve a maior nota, e os demais ficaram com 4. Isso demonstra diferencial e qualidade da nossa educação a distância”, comenta Taíze de Andrade Machado Lopes, coordenadora administrativa da Unidade de Educação a Distância do Centro Universitário Franciscano. De acordo com a coordenadora, após o processo de credenciamento, a instituição oferecerá o curso de Gestão em Recursos Humanos. Está prevista, ainda, a oferta de cursos de especializações e de extensão.

Foto: Mariana Olhaberriet Silva

Professora Taize A. Lopes, coordenadora do EAD/Unifra.Foto: Mariana Olhaberriet Silva

Em relação ao curso de Recursos Humanos, Taíze explica que o motivo dessa área está associada com a história da EaD da instituição.”Tudo começou  em 2013, quando começamos a fazer uma estudo de cada uma das cidades que teríamos polos. Então, fizemos uma análise socioeconômica das indústrias e do comércio para tentar entender o número de jovens que completavam o ensino médio. Em geral, a maior parte do PIB das cidades está no setor de serviço”, explica.

Conquista depois reconhecimento. Essa foi a mudança pela qual os professores passaram a se interessar mais pelo projeto de educação a distância da escola Franciscana. “Antes de 2013 já eram ofertadas capacitações para os docentes se inteirarem pelo ambiente Moodle. Também oferecemos o Proint. Hoje é diferente, muitos nos procuram para  trabalhar”, compara.

A Sociedade Caritativa e Literária São Francisco de Assis Zona Norte (Scalifra) foi pensada para unir as escolas de Educação Básica ao Centro Universitário Franciscano. É uma forma de promover o desenvolvimento regional por meio de uma educação de qualidade e também aprimorar as escolas, oferecendo capacitações e cursos para os professores. “A EaD vem  fortalecer a rede Scalifra, mas o que nós estamos proporcionando é uma rede de educação a distância, relata a coordenadora administrativa”, complementa.

O professor Iuri Lammel Marques, do Mais Unifra, diz: “o grande diferencial do ambiente virtual daqui é o conteúdo de qualidade feito pelos professores. Existem EaDs que compram os conteúdos. Nós produzimos nossos próprios conteúdos.Um segundo diferencial é que os polos estão nas escolas, são bem estruturados, existem há um bom tempo, tem boas salas e bons laboratórios de informáticas”.

 

 

 

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *