O HIV em Santa Maria: a evolução do vírus entre 2007 e 2017


Por Jornalismo Investigativo

 

Você sabe os sintomas da Aids? Já parou  para fazer o teste de HIV?  Ou tem ideia do número de infectados em Santa Maria? De acordo com a Vigilância Epidemiológica do Município, só no primeiro semestre de 2017, foram 142 pessoas identificadas com a doença, entre homens e mulheres de 15 a 80 anos.

O mesmo levantamento, realizado em 2007, mostra 91 casos durante todo aquele ano, com pessoas da mesma faixa etária. Se seguir nessa crescente, 2017 irá fechar com quase 300 diagnosticados com a doença. Assim, no período de 10 anos, o número de infectados por ano identificados pela vigilância terá triplicado. Ainda, de acordo com a pesquisa, os índices mais altos aparecem entre homens de 30 a 39 anos e mulheres de 20 a 29 anos. A partir do vídeo produzido para esta reportagem, pode-se tanto refletir tanto sobre prevenção, quanto ter alguns esclarecimentos sobre o tratamento, na palavra de quem vive essa realidade.

A reportagem tentou contato a Secretaria da Saúde do Município para obtenção de dados em detalhe, mas, mesmo após vários contatos, não houve retorno.

Por Victória Azambuja, Lucas Cirolini e Camila Fogliarini, para a disciplina de Jornalismo Investigativo, no segundo semestre de 2017, sob a orientação da professora Carla Torres.

 

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *