Ovos de páscoa artesanais fazem sucesso entre chocólatras em Santa Maria


Por Gabriela Gabbi

 

Com a chegada da Páscoa, artesãos e comerciantes de Santa Maria investem em diferentes tipos de ovos para agradar aos clientes. Ovos com formatos inusitados, em diferentes embalagens, e veganos são algumas das opções.

Ovo de brigadeiro sem lactose,glúten e açúcar da ”Páscoa sem culpa”. Crédito: Mariana Olhaberriet/LABFEM

A novidade é a ‘’Páscoa sem culpa’’, ovo sem glúten, sem lactose e sem açúcar, feito por um casal de estudantes. O jovem casal Carlos Eduardo Weber de 19 anos e Caroline Coradini de 20, está empreendendo com a nova marca ‘’Páscoa Sem Culpa’’.

O ovo de brigadeiro é feito com ingredientes a base de chocolate zero açúcar, zero lactose e zero glúten. A casca do ovo e o recheio são de leite zero lactose, xilytol (adoçante natural sem nenhum tipo de conservante), óleo de coco e cacau em pó. Também tem o sabor beijinho de coco.  

‘’A nossa ideia surgiu quando eu e o Dudu decidimos fazer algo diferente em casal. Eu tenho hiperinsulinemia (resistência alterada à insulina) e intolerância à lactose. Eu pretendia fazer para vender para as minhas amigas na páscoa, mas como o meu namorado tem uma visão muito ampla de empreendedorismo, decidimos colocar em prática e expandir nosso negócio, abrindo as vendas para o público, e deu certo! Sabíamos que muitas pessoas têm intolerância à lactose e ao glúten e outras também não podem ingerir açúcar, mas não imaginávamos que tantas pessoas confiariam no nosso trabalho’’, relata Caroline, estudante de Engenharia Civil. Os ovos têm tamanho único de 315 gramas, preço único de R$ 45,00 e o contato pode ser feito pela página Páscoa Sem Culpa.                                                             

Denise Kanopf,, proprietária da Pé-de-Couve culinária vegana. Crédito: Mariana Olhaberriet/LABFEM

Ovos veganos

 Para os que têm um estilo de vida mais saudável, a cozinheira Denise Kanopf de 29 anos, proprietária da marca Pé-de-couve culinária caseira focada no veganismo, começou a produzir os ovos para atender a demanda das pessoas que querem os ovos, para o público vegano para as datas comemorativas. Para a casca do ovo, Denise utiliza marcas que não tenham leite, ou origem animal, ‘’cuido muito para não produzir meus produtos com marca que façam testes em animais, e que não estejam envolvidas com patrocínios em rodeios ou qualquer meio de exploração animal’’ explica Denise. O recheio do ovo pode ser de bolo de cenoura, cookies com gotas de chocolate ou pé-de-moleque. O preço varia de R$ 30 a R$ 58, dependendo do tamanho.

Mônica Nunes e Mônica Ximenes, proprietárias da marca ”Trufas da Dinda”. Crédito: Mariana Olhaberriet/LABFEM

Ovos de colher

Os formatos diferentes, mais estilizados, e as embalagens também chamam a atenção dos chocólatras. Essa é a estratégia da doceira Mônica Ximenes, que faz ovos personalizados nessa época do ano, totalizando centenas de ovos vendidos. Com anos de experiência, Mônica e sua filha, divulgam os produtos de sua marca, Trufas da Dinda, pela internet. Para conferir, clique no link da página.

Os preços podem variar bastante. O modelo de 500g, com brigadeiro de colher, por exemplo, custa R$ 65. Já a caixinha com trufas gourmet ou com 12 brownies pode variar entre R$ 28 e R$ 50.

Ana Luiza Cabistani, proprietária da Larica Cupcakes. Crédito: Mariana Olhaberriet/LABFEM

Ana Luiza Cabistani, 21 anos, confeiteira e proprietária do Larica Cupcakes há cinco anos, fez sua estreia no mundo dos ovos e ‘’está dando super certo, estou com muitas encomendas e estarei aceitando encomendas após a páscoa para quem ficou com vontade’’ relata Ana Luiza, que vê o negócio como um entretenimento. Entre em contato pela página.

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *