Risoto solidário para ver a banda passar


Por Flora Quinhones

 

Risoto visa arrecadar recursos para a manutenção dos equipamentos da banda do Maneco. Fotos: Mariana Olhaberriet/LABFEM

Neste sábado, dia 28 de abril, a Associação dos Amigos da Banda Marcial Manoel Ribas (AABMAR) realiza o seu primeiro risoto solidário do ano. A ação acontece a partir das 11:30 da manhã, no galpão da própria escola que fica na rua José do Patrocínio, número 85.

De acordo com o coordenador, Geison Nielsin, a concha do risoto custará R$ 5 reais, e acontece em benefício a própria banda que passa por dificuldades financeiras. O valor arrecadado vai para  a manutenção dos instrumentos e compra de materiais de uso como baquetas e utensílios.

Os convites deverão ser adquiridos antecipadamente com os integrantes ou com a AABMAR.  O melhor horário para a compra e retirada dos bilhetes é durante o ensaio que acontece às quintas-feira das 19h às 20h, na escola Manoel Ribas.
Dia: 28/04/2018;
Horário: A partir das 11:30 da manhã;
Valor: R$5,00 a concha;
Local: Escola Manoel Ribas – Galpão da escola.
Os convites estarão com os componentes e a Associação.

A continuidade da Banda do Maneco está em risco

Zeca Rorato, coordenador geral da Banda do Maneco.

A continuidade da tradicional banda de Santa Maria está em risco. Conforme o coordenador geral da banda, Zeca Rorato,  a Associação dos Amigos da Banda do Maneco está com a conta zerada e, por isso, não tem recursos suficientes para a realização de viagens, a manutenção de instrumentos e dos uniformes.

O grupo entrou com um projeto na Lei Rouanet que exige a contratação de uma empresa para arrecadar a quantia necessária à continuidade da banda. O grande problema é que não há recursos necessários para contratação desta empresa e as firmas da cidade não aceitaram colaborar com o projeto.  A estratégia encontrada pelo grupo é a realização de diversas atividades como risoto e rifas para a captação de fundos.

 

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *