O que nos (des)encaixa?


Por Mariana Olhaberriet

 

Performance questiona o enquadramento social das mulheres. Fotos: Mariana Olhaberriet/LABFEM

O curso de Psicologia da Universidade Franciscana (UFN) apresentou na manhã de hoje,12,  uma performance artística alusiva ao dia internacional da mulher. A ideia de intervenções surgiu em uma disciplina optativa ministrada pela professora Monise Gomes Serpa, do curso de psicologia,  e que não está mais sendo ofertada. Diante disso, optou-se por continuar com as intervenções no  dia 8 de março para, segundo a professora, transformar a data em um dia de reflexões e discussões sobre o tema.

A ação reuniu estudantes e professores no hall do prédio 16.

“O que nos (des)encaixa?” é a terceira performance feita pelo curso e pelo Psicoarte, Grupo de Livre Experimentação e Criação Artística da Psicologia, e foi apresentado no hall dos prédios 16 e 17 do conjunto III da instituição.  A ação é voltada para mulheres e, como parte dela,  o grupo colocou caixas à disposição da comunidade acadêmica para que respondessem “O que você já ouviu, passou, sentiu por ser mulher?” . As respostas foram expostas em um mural no hall do prédio 16, e algumas frases foram lidas durante a performance. Ela permanece no local até amanhã, 13, quando será desmontada.

A performance alerta para o fato das mulheres não estarem sozinhas e divulga o Programa de Atenção Integrada em Psicologia (PAIP) que funciona no 2º andar do prédio 17.

Um Comentário

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *