Dilema do ensino remoto é tema do curta Conexão Restabelecida


Por Agência CentralSul de Notícias

 

O curta tem lançamento previsto para 16 de julho. Imagem: divulgação.

Conexão Restabelecida é o segundo e último curta rodado pelos acadêmicos da disciplina de Cinema II do curso de Jornalismo (@jornalismoufn) da Universidade Franciscana (UFN – @universidade_franciscana). As gravações foram realizadas em duas diárias, na última sexta-feira (04) e sábado (05). O filme aborda as diferentes realidades vivenciadas no meio educacional durante a pandemia, evidenciando as desigualdades sociais ressaltadas pelo ensino remoto. Conexão Restabelecida apresenta a insegurança da professora Jordana, interpretada por Renata Teixeira, que precisa lidar com um dilema em meio a nova realidade que se impõe. Ela conta com a ajuda de Helena, também professora, interpretada por Camila Borges. No elenco ainda está Antonya Garcia.

Para produzir o curta, a equipe de 10 alunos se organizou em grupos de até 5 integrantes que fizeram escala nos diferentes turnos de cada set para que a atividade pudesse ser realizada com a máxima segurança em função dos protocolos relacionados à covid-19.

O período de pré-produção ocorreu remotamente durante o mês de maio. O curta tem roteiro de Nathália Arantes, direção de Allysson Marafiga, produção de Gianmarco de Vargas e Pablo Milani, direção de arte sob responsabilidade de Gabriela de Flores, André Marques, Barbara Canha e Joedison Dornelles, produção de elenco por Wellerson Leal e assessoria de comunicação com Ana Luiza Deicke. A orientação é da professora Neli Mombelli e conta com o apoio técnico de Alexsandro Pedrollo na direção de fotografia, Jonathan de Souza na edição e finalização de imagem e de Alan Carrion na edição de som.

Outra equipe da turma também já rodou a primeira diária do curta Sinais. A última diária está prevista para dia 11/06, com gravações somente no modo remoto. O lançamento dos curtas está previsto para 16/07.

Texto: divulgação.

Sobre o autor:

Agência CentralSul de Notícias

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *