Pint Science 2019 encerrou ontem e promete voltar em 2020


Por Agência CentralSul de Notícias

 

O público lotou o bar Paio também no segundo dia do evento. Foto: Beatriz Bessow/LABFEM

Popularizar a ciência é um desafio antigo que tem mobilizado a comunidade científica.  Na noite de ontem, 22, a primeira edição do Pint of Science realizada em Santa Maria, chegou ao final.  Mais de 350 pessoas estiveram nos dois bares que sediaram o evento. Um público atento e participativo questionou os pesquisadores, evidenciando que sim, quer saber mais sobre como se faz ciência no país e, talvez, entender porquê ela continua desconhecida para a maioria da população.

Solange Binoto Fagan e a nanociência. Foto: Laura Gomes/LABFEM

No Bar Biroska, o assunto da noite foi a nanociência e as nanotecnologias. Quem abriu o encontro, às 19h40min, foi a professora e pesquisadora Solange Binotto Fagan, vice-reitora da Universidade Franciscana. Solange apresentou o projeto “O admirável mundo nanométrico”, dando foco para a presença da nanotecnologia em produtos e equipamentos e expondo ao público a Casa Nano que mostra as várias presenças da nanotecnologia e seus diferentes usos nos ambientes que compõem uma casa. Após, às 21h, a abordagem sobre “O que os olhos não veem, mas nosso coração pode sentir” foi da também professora e pesquisadora Aline Ferreira Ourique, que direcionou sua fala sobre a presença de nanotecnologia na produção e consumo dos alimentos.

Já no Bar Paiol, a temática da noite passou por extremos: da depressão à felicidade. A primeira palestra da noite, com início às 19h30min, na fala do professor Guilherme Varga Bochi, pesquisador em farmacologia, trouxe o questionamento: “Depressão: o mal do século?”. Na sequência,  Dejalma Cremonese, professor na UFSM e doutor em  Ciências Políticas, trouxe um outro olhar através da palestra “Em busca da felicidade: aspectos éticos e filosóficos”.

As portas do Biroska, em determinado momento da noite, chegaram a fechar, pois os lugares estavam todos ocupados. Foto: Beatriz Bessow/LABFEM

Para Fabiana Pereira, uma das organizadoras do evento,  “o  Pint of Science envolveu a cidade, que abraçou o evento através da realização pelas duas maiores instituições de ensino superior, Universidade Franciscana e Universidade Federal de Santa Maria, além da cobertura da imprensa, dos patrocinadores, apoiadores e palestrantes que desde o início acreditaram na proposta”. Segundo ela, com base nas avaliações do evento, foram identificados muitos outros assuntos a serem abordados nas próximas edições e palestrantes com interesse em participar. Assim,  para 2020, o Pint of Science já está em planejamento.

Mais informações podem ser obtidas com o coordenação local do evento, Minéia Weber Blattes, pelo email mineia-weber@yahoo.com/whatsApp (55) 99142-6460, e Fabiana Pereira, email: rpfabianapereira@hotmail.com/whatsApp (55) 99996.9360

 

Sobre o autor:

Agência CentralSul de Notícias

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *