Professores de cursinhos comentam sobre a expectativa para prova da UFN


Por Rafael Finger

 

Professor Itamar Barcellos, professor de Química.

O Vestibular de Verão 2020 da Universidade Franciscana conta com candidatos que se prepararam em vários cursinhos da cidade. Força, dedicação e muito estudo foram as características que o professor de Química do Curso Doctor, Itamar Barcellos, viu em seus alunos. “Eles precisam administrar o emocional e controlar os seus sistemas nervosos para a realização da prova”, salienta o professor. Além disso, ele acredita que há grande probabilidade de cair cálculos simétricos na prova de química.

Professora de redação, Vanessa Pagnussat. Fotos: Patrício de Freitas/LABFEM

Para a professora de Redação do Curso Riachuelo, Vanessa Pagnussat, a UFN trabalha com temas bem atuais. “Geralmente a prova tem um tema gerador que passa por todas as disciplinas. Temas pontuais não arriscamos muito, para não prejudicar os alunos. Mas imaginamos que possa ter a ver com campanhas da fraternidade, políticas públicas e sobre golpes no Brasil”, explica a professora. Ela ainda explica que o cursinho investe muito na questão estrutural. O título da redação deve estar relacionado com o posicionamento apresentado do texto, partindo da introdução e identificando a estratégia da escrita. É importante também trazer conteúdos de história, geografia e literatura para o texto.

Já o professor de Matemática do Curso Totem-Vestibular, Mateus Beltrame, explica que o vestibular da UFN costuma trazer questões sobre geometria espacial, questões de probabilidade e funções. “Há uma expectativa dos alunos, eles se prepararam e estudaram muito para esse dia”, comenta o professor.  As provas do Vestibular de Verão 2020 estão sendo realizada no Conjunto III da UFN.

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *