“Chárreata” para celebrar a vida numa pandemia


Por Agência CentralSul de Notícias

 

Em tempos de pandemia, novas formas de celebrar as boas notícias. Fotos: Bianca Pereira

Em meio à pandemia do coronavírus surge a dúvida sobre como comemorar as boas notícias e celebrar as pessoas da melhor forma possível, sem correr riscos desnecessários à saúde.

A reinvenção acontece de diversas formas como é o caso da comemoração do chá de bebê do casal Aline de Moraes Poerschke e Mateus Simon, que aguardam a chegada da primeira filha.

A família e os amigos decidiram surpreender o casal com uma “chárreata” de bebê aconteceu neste domingo, 05 de julho, e levou 16 carros e 45 pessoas à rua Felipe de Oliveira para fazer a festa no estilo “drive-thru” e com um “buzinaço”.

A  gravidez chegou no início do ano, e junto com a descoberta de que era uma menina, veio a pandemia. Familiares e amigos conseguiram acompanhar o crescimento da barriga e da neném por fotos durante os últimos meses, mas a vontade de celebrar a nova vida precisou ser repensada para a segurança de todos.

A bebê Paola deve chegar em agosto.

A ideia da “chárreata” partiu das futuras “dindas”, Nathália Teixeira e Graciela Simon, através do Facebook, onde comemorações nesse estilo viraram um sucesso. Foi criado, então, um grupo no whatsApp com os convidados, onde a organização foi focada na segurança de todos, com as seguintes recomendações: cada um no seu carro, usando máscaras; não descer do carro; entregar o presente e tirar fotos pela janela. As lembrancinhas, bisnagas de álcool gel, também foram pensadas levando em conta o momento atual.

Será a primeira neta de Ana Alice Franco Moraes, que conta: “A Paola é uma criança abençoada que vem para a família, depois de vários anos. A Aline teve um problema muito sério de saúde […] um linfoma em 2006. Chegamos a pensar que, por causa da químio, ela não poderia engravidar”, diz a futura avó.

O casal, que está junto há 6 anos, espera a Paola para início de agosto.

Por Bianca Pereira, jornalista pela UFSM

Sobre o autor:

Agência CentralSul de Notícias

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *