Projeto ‘Lado B’ compartilha histórias


Por Agência CentralSul de Notícias

 

Fred, 27 anos, conta sua história através das tatuagens, que faz a cada cinco anos para não esquecer dos momentos que poderiam ser eternos. Ele já sabe até quem são os melhores tatuadores da cidade para indicar aos amigos. Cátia, 39, é professora de matemática, mas, nas redes sociais, diariamente posta trechos de livros e indica as obras de literatura fantástica favoritas.

Ninguém é apenas o nome, idade, formação, profissão ou naturalidade. Somos um conjunto de infinidades. Entre tudo o que te identifica, qual é a sua parte favorita?

Com o título “O Lado B”, o leitor verá aqui, nesta editoria, publicações contando histórias de pessoas comuns, mas cada uma com relatos sobre uma parte de sua vida que considera especial. Um talento, um dom, uma habilidade, um aspecto de sua vida que queira destacar.

Você também pode fazer parte deste projeto ou indicar alguém que é excelente numa área bem diferente da formação ou profissão, um especialista (ou quase) pela vivência.

Entre em contato pelo WhatsApp da acadêmica de Jornalismo Gabriele Bordin. Ela está desenvolvendo o Projeto Experimental em Jornalismo, no curso de Jornalismo da UFN, durante o primeiro semestre de 2020. O projeto é orientado pela professora Glaíse Palma e terá uma história por semana publicada neste espaço.

Sobre o autor:

Agência CentralSul de Notícias

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *