Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Trânsito complicado em Santa Maria

Circulam pelo Brasil mais de 22 milhões de veículos automotores, numa média de 0,14 carros por habitante. Em Santa Maria, este número duplica. São 0,29 carros por habitante, o que representa mais de 74 mil veículos.  As ruas santa-marienses não têm estrutura para comportar tantos veículos rodando todos os dias.

Graças ao crescimento desordenado do espaço territorial, aliado à falta de planejamento, as condições das vias urbanas são precárias, e não agradam a quem trafega pela cidade.

Caótico, péssimo, muito ruim e terrível, é dessa forma que os motoristas adjetivam o trânsito santa-mariense. O problema está concentrado na zona central da cidade. Algumas ruas têm mais de um ponto crítico como, por exemplo, a Rua Floriano Peixoto perto do Colégio Sant’ Anna, entre as ruas Silva Jardim e Andradas, ou ainda nos arredores do colégio Santa Maria.

Outros exemplos bastante apontados, principalmente pelos taxistas, são as ruas Serafim Valandro a partir da Avenida Presidente Vargas até a Venâncio Aires e a Niederauer com a Avenida Borges de Medeiros.   Os horários de maior movimento são ao meio-dia e às 18h, horários de pico . " Nesses períodos é um salve-se quem puder, um Deus nos acuda!" – descreve o taxista Mário Costa.

A chuva torna o trânsito ainda mais confuso. Motoristas desrespeitam as leis de trânsito, todos têm pressa, querem passar na frente, andam acima da velocidade permitida, entre outras infrações. 

Estacionar no centro de Santa Maria até o ano passado era impossível,. Com a vinda dos parquímetros o quadro mudou. Agora, para estacionar, o motorista tem que desembolsar no mínimo R$ 0,50. No entanto, o parquímetro gerou e ainda gera muita polêmica e confusão.

Para guiar seu carro com segurança o cidadão brasileiro tem direitos e obrigações que estão claramente definidos no CBT (Conselho Nacional de Trânsito). É dever do cidadão “Transitar sem constituir perigo para os demais elementos do trânsito”. Todas as demais regras são derivadas deste preceito simples. Em se tratando de direitos é assegurado ao cidadão utilizar vias seguras e sinalizadas. Em caso de sinalização deficiente ou inexistente, a autoridade com jurisdição sobre a via deve responder e ser responsabilizada. Pode também sugerir alterações a qualquer artigo ou norma da CBT e receber resposta, bem como solicitar alterações em sinalização, fiscalização e equipamentos de segurança  ser atendido ou receber resposta. 

 

Tabela com a frota de veículos por tipo:

 ônibus

819
 Reboque
2.247
 Caminhão
2.367
 Motoneta
1.339
 Sem Tipo
48
 Side Car
5
 Triciclo
4
 Automóvel
49.748
 Camioneta
5.443
 Ciclo motor
43
 Utilitário
32
 Caminhonete
2.078
 Microônibus
230
 Motocicleta
9.591
 Quadriciclo
1
 Semi-Reboque
388
 Trator misto
4
 Caminhão Trator
318
 Trator de rodas
58
 Trator de esteiras
5
 Total
74.768

( fonte: Detran/RS )

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Circulam pelo Brasil mais de 22 milhões de veículos automotores, numa média de 0,14 carros por habitante. Em Santa Maria, este número duplica. São 0,29 carros por habitante, o que representa mais de 74 mil veículos.  As ruas santa-marienses não têm estrutura para comportar tantos veículos rodando todos os dias.

Graças ao crescimento desordenado do espaço territorial, aliado à falta de planejamento, as condições das vias urbanas são precárias, e não agradam a quem trafega pela cidade.

Caótico, péssimo, muito ruim e terrível, é dessa forma que os motoristas adjetivam o trânsito santa-mariense. O problema está concentrado na zona central da cidade. Algumas ruas têm mais de um ponto crítico como, por exemplo, a Rua Floriano Peixoto perto do Colégio Sant’ Anna, entre as ruas Silva Jardim e Andradas, ou ainda nos arredores do colégio Santa Maria.

Outros exemplos bastante apontados, principalmente pelos taxistas, são as ruas Serafim Valandro a partir da Avenida Presidente Vargas até a Venâncio Aires e a Niederauer com a Avenida Borges de Medeiros.   Os horários de maior movimento são ao meio-dia e às 18h, horários de pico . " Nesses períodos é um salve-se quem puder, um Deus nos acuda!" – descreve o taxista Mário Costa.

A chuva torna o trânsito ainda mais confuso. Motoristas desrespeitam as leis de trânsito, todos têm pressa, querem passar na frente, andam acima da velocidade permitida, entre outras infrações. 

Estacionar no centro de Santa Maria até o ano passado era impossível,. Com a vinda dos parquímetros o quadro mudou. Agora, para estacionar, o motorista tem que desembolsar no mínimo R$ 0,50. No entanto, o parquímetro gerou e ainda gera muita polêmica e confusão.

Para guiar seu carro com segurança o cidadão brasileiro tem direitos e obrigações que estão claramente definidos no CBT (Conselho Nacional de Trânsito). É dever do cidadão “Transitar sem constituir perigo para os demais elementos do trânsito”. Todas as demais regras são derivadas deste preceito simples. Em se tratando de direitos é assegurado ao cidadão utilizar vias seguras e sinalizadas. Em caso de sinalização deficiente ou inexistente, a autoridade com jurisdição sobre a via deve responder e ser responsabilizada. Pode também sugerir alterações a qualquer artigo ou norma da CBT e receber resposta, bem como solicitar alterações em sinalização, fiscalização e equipamentos de segurança  ser atendido ou receber resposta. 

 

Tabela com a frota de veículos por tipo:

 ônibus

819
 Reboque
2.247
 Caminhão
2.367
 Motoneta
1.339
 Sem Tipo
48
 Side Car
5
 Triciclo
4
 Automóvel
49.748
 Camioneta
5.443
 Ciclo motor
43
 Utilitário
32
 Caminhonete
2.078
 Microônibus
230
 Motocicleta
9.591
 Quadriciclo
1
 Semi-Reboque
388
 Trator misto
4
 Caminhão Trator
318
 Trator de rodas
58
 Trator de esteiras
5
 Total
74.768

( fonte: Detran/RS )