Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Comércio de fim de ano movimenta Santa Maria

O Natal é sinônimo de alegria para a maioria das pessoas. É costumeiro, nessa época, os moradores arrumarem suas casas, darem presentes e cartões para os amigos e enfeitarem uma árvore. Por isso, o Natal acaba remetendo à comercialização. Por mais que muitos sejam contra ao comércio dos sentimentos natalinos, este é um fato inevitável: as compras aumentam muito nos meses de novembro e dezembro.

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e o Sindicato do Comércio Lojista (Sindilojas) de Santa Maria realizaram uma coletiva com a imprensa ontem, dia 16 de novembro, para divulgar seus esforços para atenderem, de forma adequada, os consumidores no Natal. As entidades empresariais e lojistas do centro da cidade se reunirão para decorar as ruas do centro e do Calçadão. Segundo Maria Inês Biscaro, Diretora de Promoções do CDL, as compras de Natal começam no início de dezembro e se intensificam nas duas últimas semanas antes do feriado. Segundo ela, as vendas chegam a duplicar e até triplicar em comparação a outros períodos do ano. 

        Cíntia Sthio, 23 anos, atendente e vendedora, afirma que o movimento da loja em que trabalha aumenta muito nessa época do ano, e que em 2005 foram contratados seis funcionários. As pesquisas afirmam que muitos  dos contratados no final do ano para auxiliarem as vendas natalinas permanecem trabalhando nas lojas durantes os meses de janeiro e fevereiro, quando os atendentes costumam tirar férias.        Denise Medeiros, 24 anos, balconista de uma loja de artigos de decorações e utilidades domésticas, diz que os enfeites natalinos são o que o pessoal tem comprado mais. Ela diz também que a loja começa a trabalhar com produtos de Natal logo depois do dia das Crianças, e, em novembro mesmo, já estão sendo contratados alguns funcionários extras. Denise conta que a procura está sendo muito grande.

            O CDL informa que por três domingos de dezembro as lojas ficarão abertas: dias 10, 17 e 24. O comércio também estará disponível o dia inteiro nos sábados de dezembro e no dia 8, feriado de Nossa Senhora Conceição. Quanto a horas extras, na última semana, do dia 18 ao dia 24, as lojas estarão abertas até as 22 horas.

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

O Natal é sinônimo de alegria para a maioria das pessoas. É costumeiro, nessa época, os moradores arrumarem suas casas, darem presentes e cartões para os amigos e enfeitarem uma árvore. Por isso, o Natal acaba remetendo à comercialização. Por mais que muitos sejam contra ao comércio dos sentimentos natalinos, este é um fato inevitável: as compras aumentam muito nos meses de novembro e dezembro.

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e o Sindicato do Comércio Lojista (Sindilojas) de Santa Maria realizaram uma coletiva com a imprensa ontem, dia 16 de novembro, para divulgar seus esforços para atenderem, de forma adequada, os consumidores no Natal. As entidades empresariais e lojistas do centro da cidade se reunirão para decorar as ruas do centro e do Calçadão. Segundo Maria Inês Biscaro, Diretora de Promoções do CDL, as compras de Natal começam no início de dezembro e se intensificam nas duas últimas semanas antes do feriado. Segundo ela, as vendas chegam a duplicar e até triplicar em comparação a outros períodos do ano. 

        Cíntia Sthio, 23 anos, atendente e vendedora, afirma que o movimento da loja em que trabalha aumenta muito nessa época do ano, e que em 2005 foram contratados seis funcionários. As pesquisas afirmam que muitos  dos contratados no final do ano para auxiliarem as vendas natalinas permanecem trabalhando nas lojas durantes os meses de janeiro e fevereiro, quando os atendentes costumam tirar férias.        Denise Medeiros, 24 anos, balconista de uma loja de artigos de decorações e utilidades domésticas, diz que os enfeites natalinos são o que o pessoal tem comprado mais. Ela diz também que a loja começa a trabalhar com produtos de Natal logo depois do dia das Crianças, e, em novembro mesmo, já estão sendo contratados alguns funcionários extras. Denise conta que a procura está sendo muito grande.

            O CDL informa que por três domingos de dezembro as lojas ficarão abertas: dias 10, 17 e 24. O comércio também estará disponível o dia inteiro nos sábados de dezembro e no dia 8, feriado de Nossa Senhora Conceição. Quanto a horas extras, na última semana, do dia 18 ao dia 24, as lojas estarão abertas até as 22 horas.