Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Dez anos em prol da literatura

Professor e Patrono da Feira do Livro Infantil 2006 é um dos editores do jornal literário “Letras Santiaguenses”, que comemorou 10 anos em janeiro.A partir de dados do IBGE, 17,2 milhões de pessoas têm acesso efetivo ao livro, ou seja, nove milhões de pessoas não lêem porque não tem dinheiro para adquirir obras literárias ou então, moram em cidades onde não há livrarias ou bibliotecas. Foi pensando em estimativas assustadoras como estas que os escritores Aldacir Fiorenza Couto, Zé Lir Madalosso e Auri Antônio Sudati fundaram o jornal literário “Letras Santiaguenses”.  No início, somente eram publicados autores de Santiago – RS. Mais tarde, abriram espaço para autores da região, do país e hoje, contam até com presenças internacionais. O sucesso foi tão grande que a circulação do jornal passou a ser bimestral, totalizando 61 edições, o que é motivo de alegria para os editores. “O interessante é que em cada edição há sempre autores novos que fazem suas estréias. O jornal é como se fosse uma semente que vai se espalhando e dando novos frutos”, fala Auri Antônio.

A distribuição e as edições de cada jornal são totalmente gratuitas e feita pelos próprios autores e equipe editorial, havendo auxílio de algumas firmas comerciais.  “O objetivo principal do nosso jornal literário é unir novos autores já consagrados”, ressalta Auri, o qual comenta, também, sobre o último exemplar do “Letras Santiaguenses”, em que a capa é destinada ao centenário do poeta Mário Quintana.

“Meu objetivo principal é estimular nas crianças e nos pré-adolescentes o gosto pela leitura e pela produção de poemas e textos em prosa”. É com esse pensamento que Auri Sudati faz visitações em escolas, dando palestras e mostrando os livros que já publicou, que contabilizam 10 publicações infanto-juvenis e mais de 60 antologias. Na Feira do Livro 2006, Auri será o Patrono da Feira do Livro Infantil, que acontecerá dos dias três ao dia 17 de maio, na Praça Saldanha Marinho.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Professor e Patrono da Feira do Livro Infantil 2006 é um dos editores do jornal literário “Letras Santiaguenses”, que comemorou 10 anos em janeiro.A partir de dados do IBGE, 17,2 milhões de pessoas têm acesso efetivo ao livro, ou seja, nove milhões de pessoas não lêem porque não tem dinheiro para adquirir obras literárias ou então, moram em cidades onde não há livrarias ou bibliotecas. Foi pensando em estimativas assustadoras como estas que os escritores Aldacir Fiorenza Couto, Zé Lir Madalosso e Auri Antônio Sudati fundaram o jornal literário “Letras Santiaguenses”.  No início, somente eram publicados autores de Santiago – RS. Mais tarde, abriram espaço para autores da região, do país e hoje, contam até com presenças internacionais. O sucesso foi tão grande que a circulação do jornal passou a ser bimestral, totalizando 61 edições, o que é motivo de alegria para os editores. “O interessante é que em cada edição há sempre autores novos que fazem suas estréias. O jornal é como se fosse uma semente que vai se espalhando e dando novos frutos”, fala Auri Antônio.

A distribuição e as edições de cada jornal são totalmente gratuitas e feita pelos próprios autores e equipe editorial, havendo auxílio de algumas firmas comerciais.  “O objetivo principal do nosso jornal literário é unir novos autores já consagrados”, ressalta Auri, o qual comenta, também, sobre o último exemplar do “Letras Santiaguenses”, em que a capa é destinada ao centenário do poeta Mário Quintana.

“Meu objetivo principal é estimular nas crianças e nos pré-adolescentes o gosto pela leitura e pela produção de poemas e textos em prosa”. É com esse pensamento que Auri Sudati faz visitações em escolas, dando palestras e mostrando os livros que já publicou, que contabilizam 10 publicações infanto-juvenis e mais de 60 antologias. Na Feira do Livro 2006, Auri será o Patrono da Feira do Livro Infantil, que acontecerá dos dias três ao dia 17 de maio, na Praça Saldanha Marinho.