Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Fadisma é assaltada

Faculdade de Direito de Santa Maria (Fadisma) foi assaltada nesta madrugada. Dois homens armados, um deles encapuzado, renderam o vigia que guardava os prédios da instituição e fizeram com que mostrasse onde estava guardado o dinheiro.

O segurança não sofreu nenhum tipo de violência física. Foram levados uma pequena quantia em dinheiro, que estava em um armário, e um cofre, onde estavam os pagamentos das mensalidades, estimados em 40 mil reais. Os ladrões fugiram em um carro.

Segundo o titular da Delegacia de Furtos, Roubo, Entorpecentes e Captura (Defrec), Sandro Meinerz, o cofre da instituição já foi recuperado nas proximidades do Cadena, arrombado. A polícia ainda não encontrou os assaltantes, mas seguem as investigações com base em alguns suspeitos.

O diretor da Fadisma, Ricardo Seitenfus, lamenta o ocorrido na madrugada: "Embora sejamos uma instituição de ensino superior, ainda vivemos em Santa Maria, RS, Brasil, onde estamos sujeitos a este tipo de violência". Depois do assalto, a instituição, como forma preventiva, não aceitará mais pagamentos de mensalidades na sede e aumentará seu sistema de vigilância, contratando mais seguranças e colocando câmeras de vídeo para proteger as centenas de alunos. As aulas ocorreram normalmente essa manhã.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Faculdade de Direito de Santa Maria (Fadisma) foi assaltada nesta madrugada. Dois homens armados, um deles encapuzado, renderam o vigia que guardava os prédios da instituição e fizeram com que mostrasse onde estava guardado o dinheiro.

O segurança não sofreu nenhum tipo de violência física. Foram levados uma pequena quantia em dinheiro, que estava em um armário, e um cofre, onde estavam os pagamentos das mensalidades, estimados em 40 mil reais. Os ladrões fugiram em um carro.

Segundo o titular da Delegacia de Furtos, Roubo, Entorpecentes e Captura (Defrec), Sandro Meinerz, o cofre da instituição já foi recuperado nas proximidades do Cadena, arrombado. A polícia ainda não encontrou os assaltantes, mas seguem as investigações com base em alguns suspeitos.

O diretor da Fadisma, Ricardo Seitenfus, lamenta o ocorrido na madrugada: "Embora sejamos uma instituição de ensino superior, ainda vivemos em Santa Maria, RS, Brasil, onde estamos sujeitos a este tipo de violência". Depois do assalto, a instituição, como forma preventiva, não aceitará mais pagamentos de mensalidades na sede e aumentará seu sistema de vigilância, contratando mais seguranças e colocando câmeras de vídeo para proteger as centenas de alunos. As aulas ocorreram normalmente essa manhã.