Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Livre expressão nas ruas de Santa Maria

 

A arte do Graffiti é propagada com o intuito de difundir ideais e despertar a reflexão da sociedade.

 

Não são poucas as paredes, divisórias de construções e locais públicos onde se pode encontrar manifestações de arte e expressão em Santa Maria. Observa-se a tendência mundial do uso do graffiti, colagens, e da reprodução de imagens através do estêncil, marcando uma nova fase da arte de rua.
São imagens críticas, humoradas ou sérias, a respeito do contexto brasileiro e social, que têm se espalhado por todo o mundo: Austrália, Argentina, Estados Unidos, México e Alemanha, por exemplo.

Breve histórico
Na década de 70, estudantes de ensino médio, em Nova Iorque (EUA), resolveram se divertir pintando vagões quebrados de metrô. Como não queriam ser identificados pela polícia, mas também não desejavam que a sua ousadia caísse no anonimato, adotaram apelidos desenhados com letras cheias de sombra e volume.
O graffiti ganhou popularidade quando os vagões em funcionamento se tornaram o alvo e o metrô passou a carregar as assinaturas dos grafiteiros de norte a sul da cidade.
 

Graffiti em Santa Maria
Em Santa Maria, muitas das intervenções vêm acompanhadas da assinatura “FPK” (Fuck Police Kriew), grupo – chamados de “crew” – formado por cerca de dez integrantes, que têm como intenção expressar seus sentimentos em relação à realidade brasileira.
Um dos membros do crew FPK, que não quis se identificar, afirma que não há regra, horário e nem tema fixos para realizar a “arte” das ruas. Há dias que buscam fazer algo mais elaborado, na tentativa de chamar atenção da população de Santa Maria. “Sabemos que nem tudo que fizemos é arte, no entanto, moramos numa cidade de interior em que as pessoas têm a cabeça muito fechada para novidades”, acrescenta.
 Segundo a estudante de Relações Públicas e artista de rua, Fernanda“Tatu, todo graffiti tem a proposta particular do autor; ou seja, existem inúmeras tendências e maneiras de aplicar a técnica, isso só depende do artista.
A acadêmica de direito da UFSM, Marina Conceição, conta: “Sempre presto atenção nos desenhos novos e tento descobrir se há uma mensagem por trás”, confirmando que a “arte” de rua atinge seu objetivo de intervenção.

         


Legislação
De acordo com o Código Penal Brasileiro, a pena aplicada é detenção de seis meses a três anos e multa, além da pena correspondente à violência. No entanto, segundo a Delegacia de Polícia de Santa Maria, estes delitos são encaminhados para o Posto Especial Criminal, e qualificam-se como crimes de pequena gravidade. Na prática, as sanções aplicadas envolvem multa e serviço comunitário.

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

A arte do Graffiti é propagada com o intuito de difundir ideais e despertar a reflexão da sociedade.

 

Não são poucas as paredes, divisórias de construções e locais públicos onde se pode encontrar manifestações de arte e expressão em Santa Maria. Observa-se a tendência mundial do uso do graffiti, colagens, e da reprodução de imagens através do estêncil, marcando uma nova fase da arte de rua.
São imagens críticas, humoradas ou sérias, a respeito do contexto brasileiro e social, que têm se espalhado por todo o mundo: Austrália, Argentina, Estados Unidos, México e Alemanha, por exemplo.

Breve histórico
Na década de 70, estudantes de ensino médio, em Nova Iorque (EUA), resolveram se divertir pintando vagões quebrados de metrô. Como não queriam ser identificados pela polícia, mas também não desejavam que a sua ousadia caísse no anonimato, adotaram apelidos desenhados com letras cheias de sombra e volume.
O graffiti ganhou popularidade quando os vagões em funcionamento se tornaram o alvo e o metrô passou a carregar as assinaturas dos grafiteiros de norte a sul da cidade.
 

Graffiti em Santa Maria
Em Santa Maria, muitas das intervenções vêm acompanhadas da assinatura “FPK” (Fuck Police Kriew), grupo – chamados de “crew” – formado por cerca de dez integrantes, que têm como intenção expressar seus sentimentos em relação à realidade brasileira.
Um dos membros do crew FPK, que não quis se identificar, afirma que não há regra, horário e nem tema fixos para realizar a “arte” das ruas. Há dias que buscam fazer algo mais elaborado, na tentativa de chamar atenção da população de Santa Maria. “Sabemos que nem tudo que fizemos é arte, no entanto, moramos numa cidade de interior em que as pessoas têm a cabeça muito fechada para novidades”, acrescenta.
 Segundo a estudante de Relações Públicas e artista de rua, Fernanda“Tatu, todo graffiti tem a proposta particular do autor; ou seja, existem inúmeras tendências e maneiras de aplicar a técnica, isso só depende do artista.
A acadêmica de direito da UFSM, Marina Conceição, conta: “Sempre presto atenção nos desenhos novos e tento descobrir se há uma mensagem por trás”, confirmando que a “arte” de rua atinge seu objetivo de intervenção.

         


Legislação
De acordo com o Código Penal Brasileiro, a pena aplicada é detenção de seis meses a três anos e multa, além da pena correspondente à violência. No entanto, segundo a Delegacia de Polícia de Santa Maria, estes delitos são encaminhados para o Posto Especial Criminal, e qualificam-se como crimes de pequena gravidade. Na prática, as sanções aplicadas envolvem multa e serviço comunitário.