Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

PTB traz Roberto Jefferson para encontro regional

O ex-deputado Roberto Jefferson, que teve o mandato cassado, diz em Santa Maria, ter feito apenas “o que há milênios se faz no Brasil”.

E mais: está em campanha pelo PTB e vai trabalhar por vários candidatos ao cargo de deputado, entre eles, a filha e o genro.

 

Apesar da cassação e das mazelas decorrentes, Roberto Jefferson, ex-deputado federal que teve o mandato cassado, foi a estrela do  8º Encontro do PTB gaúcho, encerrado na tarde de hoje e que reuniu cerca de 1500 pessoas no Park Hotel Morotin, em Santa Maria, RS.  

O ex-deputado, já ao chegar, foi recebido com pedidos de fotos e autógrafos. Esteve sempre rodeado de “fãs” dos quais era possível ouvir:  “- Você é um homem de coragem.Também eu sou uma mulher de coragem”. Crianças se aproximavam pedindo lembrança, e famílias o abraçavam na hora de pedir um retrato.  Ele concorda com o tratamento e diz, “estou virando artista”, ao contar sobre o CD que foi convidado a gravar em São Paulo. Nele, Jefferson cantará canções românticas italianas.

Quanto a ser pivô da crise política, ele diz “estar em paz”. Ao afirmar que cinco presidentes de partidos brasileiros caíram por causa de caixa dois, disse ser injusto o processo de cassação uma vez que todos os partidos fazem uso dela e continuarão fazendo nas próximas eleições, uma vez que as regras de impedimento não estão claramente estabelecidas. Segundo o ex-deputado, somente a dissolução do congresso resolveria o problema.

 
Escândalos "esquecidos", Roberto Jefferson vira estrela e rouba a cena de Zambiasi, o senador mais votado do RS.
 

No encerramento, Jefferson foi aclamado como futuro presidente da República e, ao levantar, provocou os jovens do partido, que já vieram com uma bateria de samba, com a seguinte palavra de ordem: “1, 2, 3 eu quero que o PT vai prá p….”! Mal Jefferson terminara a frase, a ala jovem a completava em ritmo de samba.

O “show” não tinha acabado. Jefferson  convida a todos a cantar junto com ele a música nativista “ Céu, sol , sul , terra e cor ….” e conclui, muito aplaudido, dizendo que sua afinidade pelo povo gaúcho é porque este é sincero, verdadeiro e lutador, como ele.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O ex-deputado Roberto Jefferson, que teve o mandato cassado, diz em Santa Maria, ter feito apenas “o que há milênios se faz no Brasil”.

E mais: está em campanha pelo PTB e vai trabalhar por vários candidatos ao cargo de deputado, entre eles, a filha e o genro.

 

Apesar da cassação e das mazelas decorrentes, Roberto Jefferson, ex-deputado federal que teve o mandato cassado, foi a estrela do  8º Encontro do PTB gaúcho, encerrado na tarde de hoje e que reuniu cerca de 1500 pessoas no Park Hotel Morotin, em Santa Maria, RS.  

O ex-deputado, já ao chegar, foi recebido com pedidos de fotos e autógrafos. Esteve sempre rodeado de “fãs” dos quais era possível ouvir:  “- Você é um homem de coragem.Também eu sou uma mulher de coragem”. Crianças se aproximavam pedindo lembrança, e famílias o abraçavam na hora de pedir um retrato.  Ele concorda com o tratamento e diz, “estou virando artista”, ao contar sobre o CD que foi convidado a gravar em São Paulo. Nele, Jefferson cantará canções românticas italianas.

Quanto a ser pivô da crise política, ele diz “estar em paz”. Ao afirmar que cinco presidentes de partidos brasileiros caíram por causa de caixa dois, disse ser injusto o processo de cassação uma vez que todos os partidos fazem uso dela e continuarão fazendo nas próximas eleições, uma vez que as regras de impedimento não estão claramente estabelecidas. Segundo o ex-deputado, somente a dissolução do congresso resolveria o problema.

 
Escândalos "esquecidos", Roberto Jefferson vira estrela e rouba a cena de Zambiasi, o senador mais votado do RS.
 

No encerramento, Jefferson foi aclamado como futuro presidente da República e, ao levantar, provocou os jovens do partido, que já vieram com uma bateria de samba, com a seguinte palavra de ordem: “1, 2, 3 eu quero que o PT vai prá p….”! Mal Jefferson terminara a frase, a ala jovem a completava em ritmo de samba.

O “show” não tinha acabado. Jefferson  convida a todos a cantar junto com ele a música nativista “ Céu, sol , sul , terra e cor ….” e conclui, muito aplaudido, dizendo que sua afinidade pelo povo gaúcho é porque este é sincero, verdadeiro e lutador, como ele.