Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Semana da água: pela conscientização da humanidade

Durante esta semana, de 20 a 26 de agosto, ocorre a Semana Mundial da Água 2006. O Brasil possui o maior volume de água doce renovável do mundo. São mais de 6.220 bilhões de metros cúbicos capazes de serem aproveitados. Segundo a Unesco, 97% da água doce em estado líquido do mundo estão nos solos brasileiros. Apesar do alto potencial hídrico do país, a escassez de água é uma realidade em várias regiões.

Segundo professor do curso de Engenharia Ambiental da Unifra, Afrânio Almir Righes, a falta de água, principalmente no verão, se deve ao mau uso que aconteceu no solo, com importações de tecnologias de países frios, como EUA e países europeus. “O que tem acontecido é que essas máquinas de preparo mobilizam a terra, diminuindo a macro-porosidade e, com isso, diminui a infiltração de água necessária para o solo”, explica.

O professor diz que a disponibilidade de água em Santa Maria está muito crítica, pois não tem como infiltrar água no solo e, conseqüentemente, não tem como alimentar as barragens. “Essa redução da infiltração de água no solo é uma das causas da variação climática, que tem causado várias catástrofes como as tisunames”, ressalta.
Uma situação que tem contribuído para a falta de infiltração de água no solo é que hoje em dia, as pessoas preferem ter pisos ao invés de pátios. “O problema está na impermeabilização dos pátios, porque não existem mais áreas verdes. Na Holanda, por exemplo, os estacionamentos possuem uma área permeável, já no Brasil é só asfalto”, alerta.

Outro grande problema apontado por Righes é a periodicidade das ocorrências de chuva. “A quantidade de chuva que cai é a mesma em todos os anos. O problema é a freqüência com que chove”, lembra.
Discute-se que daqui há uns 25 anos, cerca de dois terços da população mundial estará passando sede. Quanto a isso, o professor aponta uma solução: “O que deve ser feito é a priorização de construção de açudes e barragens para armazenar água. Caso contrário não vamos ter água”.
Conscientizar a população na busca de soluções e participação em iniciativas que garantam quantidade e qualidade de água é fundamental. “Não estamos usando a água de forma correta. É muito desperdício”, salienta Righes.

Algumas estatísticas alarmantes

• Mais de 2,2 milhões de habitantes dos países subdesenvolvidos morrem todos os anos devido a doenças associadas com a falta de água potável, saneamento básico e higiene.
• 15 milhões de crianças morrem por ano por falta de água tratada
• A maioria da água existente na Terra não pode ser consumida e 90% de toda água potável é subterrânea, por isso está sujeita a contaminação.
• Quatro litros de óleo podem penetrar na terra e contaminar um milhão de litros.
• Uma pilha, se jogada em um manancial, pode contaminar 600.000 litros de água.
• Mais de 1 bilhão de pessoas sofrem com a escassez de água potável.

* Com informações do Relatório das Nações Unidas Sobre o Desenvolvimento dos Recursos Hídricos no Mundo

Dicas para evitar o desperdício

• Feche a torneira ao escovar os dentes e ao fazer a barba
• Não tome banhos demorados
• Mantenha a torneira fechada ao ensaboar as louças
• Só ligue a máquina de lavar louça quando estiver cheia
• Acumule a roupa e lave tudo de uma vez
• Mantenha a torneira fechada ao ensaboar e esfregar as roupas
• Deixe as roupas de molho para remover a sujeira mais pesada e utilize esta água para lavar o quintal
• Lave o carro com um balde de água e evite o uso da mangueira
• Limpar a calçada com uma vassoura
• Prefira o uso de regador ao da mangueira para regar as plantas

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Durante esta semana, de 20 a 26 de agosto, ocorre a Semana Mundial da Água 2006. O Brasil possui o maior volume de água doce renovável do mundo. São mais de 6.220 bilhões de metros cúbicos capazes de serem aproveitados. Segundo a Unesco, 97% da água doce em estado líquido do mundo estão nos solos brasileiros. Apesar do alto potencial hídrico do país, a escassez de água é uma realidade em várias regiões.

Segundo professor do curso de Engenharia Ambiental da Unifra, Afrânio Almir Righes, a falta de água, principalmente no verão, se deve ao mau uso que aconteceu no solo, com importações de tecnologias de países frios, como EUA e países europeus. “O que tem acontecido é que essas máquinas de preparo mobilizam a terra, diminuindo a macro-porosidade e, com isso, diminui a infiltração de água necessária para o solo”, explica.

O professor diz que a disponibilidade de água em Santa Maria está muito crítica, pois não tem como infiltrar água no solo e, conseqüentemente, não tem como alimentar as barragens. “Essa redução da infiltração de água no solo é uma das causas da variação climática, que tem causado várias catástrofes como as tisunames”, ressalta.
Uma situação que tem contribuído para a falta de infiltração de água no solo é que hoje em dia, as pessoas preferem ter pisos ao invés de pátios. “O problema está na impermeabilização dos pátios, porque não existem mais áreas verdes. Na Holanda, por exemplo, os estacionamentos possuem uma área permeável, já no Brasil é só asfalto”, alerta.

Outro grande problema apontado por Righes é a periodicidade das ocorrências de chuva. “A quantidade de chuva que cai é a mesma em todos os anos. O problema é a freqüência com que chove”, lembra.
Discute-se que daqui há uns 25 anos, cerca de dois terços da população mundial estará passando sede. Quanto a isso, o professor aponta uma solução: “O que deve ser feito é a priorização de construção de açudes e barragens para armazenar água. Caso contrário não vamos ter água”.
Conscientizar a população na busca de soluções e participação em iniciativas que garantam quantidade e qualidade de água é fundamental. “Não estamos usando a água de forma correta. É muito desperdício”, salienta Righes.

Algumas estatísticas alarmantes

• Mais de 2,2 milhões de habitantes dos países subdesenvolvidos morrem todos os anos devido a doenças associadas com a falta de água potável, saneamento básico e higiene.
• 15 milhões de crianças morrem por ano por falta de água tratada
• A maioria da água existente na Terra não pode ser consumida e 90% de toda água potável é subterrânea, por isso está sujeita a contaminação.
• Quatro litros de óleo podem penetrar na terra e contaminar um milhão de litros.
• Uma pilha, se jogada em um manancial, pode contaminar 600.000 litros de água.
• Mais de 1 bilhão de pessoas sofrem com a escassez de água potável.

* Com informações do Relatório das Nações Unidas Sobre o Desenvolvimento dos Recursos Hídricos no Mundo

Dicas para evitar o desperdício

• Feche a torneira ao escovar os dentes e ao fazer a barba
• Não tome banhos demorados
• Mantenha a torneira fechada ao ensaboar as louças
• Só ligue a máquina de lavar louça quando estiver cheia
• Acumule a roupa e lave tudo de uma vez
• Mantenha a torneira fechada ao ensaboar e esfregar as roupas
• Deixe as roupas de molho para remover a sujeira mais pesada e utilize esta água para lavar o quintal
• Lave o carro com um balde de água e evite o uso da mangueira
• Limpar a calçada com uma vassoura
• Prefira o uso de regador ao da mangueira para regar as plantas