Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

“Poesia é voar fora da asa”

      Com o intuito de fomentar a produção literária do estado, a Casa do Poeta de Santa Maria está lançando o livro ‘Confraria (In) Verso V’. A sessão de autógrafos vai ser na próxima segunda-feira, dia 07 de maio, às 17 horas e faz parte da programação da Feira do Livro, realizada de 3 a 17 de maio, na Praça Saldanha Marinho. A edição 2007 homenageia o poeta Manoel de Barros e conta com autores de Santa Maria e região.

     O Confraria (In) Verso é escrito desde 2003, e vem aprimorando sua qualidade e conteúdo. O livro caracteriza-se por apresentar uma gama de temas e autores de todas as idades, dos 7 aos 88 anos. Neste ano, em seu 5º volume, 60 poetas estão participando.

      Para ter um texto publicado no livro não é necessário ser sócio da Casa do Poeta (CAPOSM), mas a presidente, Haydée Hostin Lima, ressalta que é interessante participar do ‘Cafezinho Poético’, nas quartas-feiras, a fim de ter um maior contato com outros escritores. O poema ou texto em prosa a ser publicado passa por uma comissão editorial formada por profissionais da área, como professores de Literatura Brasileira e Língua Portuguesa, para possíveis correções gramaticais e análise do valor literário. A publicação custa R$50 por página.

     A capa, diagramação, revisão e toda a montagem da obra foi feita pelo pessoal da Casa.  Já a escolha de Manuel de Barros como poeta homenageado foi porque, além de ser um ícone da poesia, autor de versos como “poesia é voar fora da asa”, ele completou 90 anos de idade em dezembro de 2006.

A Casa do Poeta

     A Casa foi fundada em 22 de junho de 2002 e, segundo a presidente, “se diferencia das academias pela inclusão, pois qualquer pessoa pode participar independentemente do seu nível cultural”.

     Atualmente, a casa conta com 60 sócios e se mantém através da anuidade paga por eles, R$ 20, e da venda de livros. Através de doações, montaram uma biblioteca que será ampliada gradativamente.

     Para fazer parte da entidade é só participar do Cafezinho Poético, encontro que ocorre nas quartas-feiras, das 18h às 20h, onde acontecem rodadas de poesias, debates sobre autores, troca de idéias, porque “bom é corromper o silêncio das palavras”, fala Haydée, citando Manuel de Barros. A Casa também oferece oficinas literárias e promove recitais em escolas, asilos, hospitais, etc. A Casa do Poeta fica junto à Casa de Cultura, na praça Saldanha Marinho.

     Como acontece todos os anos, a CAPOSM estará promovendo o Balaio da poesia, durante a Feira do Livro. A idéia é trocar livros por uma moeda e assim popularizar a cultura da poesia.

Fotos: Núcleo de Fotografia (Douglas Menezes)

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

      Com o intuito de fomentar a produção literária do estado, a Casa do Poeta de Santa Maria está lançando o livro ‘Confraria (In) Verso V’. A sessão de autógrafos vai ser na próxima segunda-feira, dia 07 de maio, às 17 horas e faz parte da programação da Feira do Livro, realizada de 3 a 17 de maio, na Praça Saldanha Marinho. A edição 2007 homenageia o poeta Manoel de Barros e conta com autores de Santa Maria e região.

     O Confraria (In) Verso é escrito desde 2003, e vem aprimorando sua qualidade e conteúdo. O livro caracteriza-se por apresentar uma gama de temas e autores de todas as idades, dos 7 aos 88 anos. Neste ano, em seu 5º volume, 60 poetas estão participando.

      Para ter um texto publicado no livro não é necessário ser sócio da Casa do Poeta (CAPOSM), mas a presidente, Haydée Hostin Lima, ressalta que é interessante participar do ‘Cafezinho Poético’, nas quartas-feiras, a fim de ter um maior contato com outros escritores. O poema ou texto em prosa a ser publicado passa por uma comissão editorial formada por profissionais da área, como professores de Literatura Brasileira e Língua Portuguesa, para possíveis correções gramaticais e análise do valor literário. A publicação custa R$50 por página.

     A capa, diagramação, revisão e toda a montagem da obra foi feita pelo pessoal da Casa.  Já a escolha de Manuel de Barros como poeta homenageado foi porque, além de ser um ícone da poesia, autor de versos como “poesia é voar fora da asa”, ele completou 90 anos de idade em dezembro de 2006.

A Casa do Poeta

     A Casa foi fundada em 22 de junho de 2002 e, segundo a presidente, “se diferencia das academias pela inclusão, pois qualquer pessoa pode participar independentemente do seu nível cultural”.

     Atualmente, a casa conta com 60 sócios e se mantém através da anuidade paga por eles, R$ 20, e da venda de livros. Através de doações, montaram uma biblioteca que será ampliada gradativamente.

     Para fazer parte da entidade é só participar do Cafezinho Poético, encontro que ocorre nas quartas-feiras, das 18h às 20h, onde acontecem rodadas de poesias, debates sobre autores, troca de idéias, porque “bom é corromper o silêncio das palavras”, fala Haydée, citando Manuel de Barros. A Casa também oferece oficinas literárias e promove recitais em escolas, asilos, hospitais, etc. A Casa do Poeta fica junto à Casa de Cultura, na praça Saldanha Marinho.

     Como acontece todos os anos, a CAPOSM estará promovendo o Balaio da poesia, durante a Feira do Livro. A idéia é trocar livros por uma moeda e assim popularizar a cultura da poesia.

Fotos: Núcleo de Fotografia (Douglas Menezes)