Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Abertas inscrições para adesão ao Prouni

No primeiro semestre deste ano, o Prouni, Programa Universidade para Todos, beneficiou 250 alunos de Santa Maria, dos quais 169 receberam bolsas integrais e 81 parciais, conforme dados do Ministério da Educação. Desde a última quarta-feira, dia 11, estão abertas as inscrições para as instituições de ensino aderirem ao programa e o prazo final é 15 de maio. Os estabelecimentos de ensino que já participam, também precisam renovar o cadastro para continuar oferecendo as bolsas.

O coordenador do Prouni da Unifra, Luciano Cioqueta Bisognin, informa que a entidade participa do programa desde 2005 e oferece aos alunos somente bolsas integrais, pois é considerada pelo Ministério da Educação uma instituição beneficente de assistência social. "A Unifra encerrou 2006 com 205 alunos beneficiados com as bolsas oferecidas pelo Prouni. Todos com isenção total no pagamento de mensalidade", destaca.

Outras instituições como Fames (Faculdade Metodista de Santa Maria), Fadisma (Faculdade de Direito de Santa Maria) e Ulbra (Universidade Luterana do Brasil) também participam do programa. No ano passado, a Fames teve dois bolsistas parciais e 101 totais. A Fadisma contou com 22 alunos contemplados com bolsa integral e cinco com parciais. Já a Ulbra, a exemplo da Unifra, só concede bolsas integrais nas quais 60 estudantes foram beneficiados.

As acadêmicas de jornalismo da Unifra Maria Luiza Guerra e Neli Fabiane Mombelli integram esses dados. Maria Luiza, filha de um pedreiro e de uma dona-de-casa teve no Prouni a oportunidade de fazer um curso superior. No primeiro semestre de 2005, ingressou na universidade com bolsa integral: “Ou era isso, ou era nada! Eu não teria condições de custear meus estudos em uma universidade particular e na Federal o ponto de corte era muito alto”, revela a estudante.

Já Neli Fabiane realizou a prova do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) somente para testar seus conhecimentos e, como teve um bom desempenho, se inscreveu no Programa, em 2006. Filha de agricultores da cidade de Sarandi, a estudante se encaixou no perfil a quem se destinam as vagas. Ela diz que através da bolsa pode fazer o curso que desejava. Porém, não considera que esse programa seja uma maneira de melhorar o sistema de educação no Brasil: “Apesar do Prouni ter me proporcionado cursar uma faculdade, não acredito que esse tipo de programa seja a melhor solução. O investimento teria que ser feito na educação de base (ensino médio e fundamental) para que todos tivessem condições de ingressar na universidade”, desabafa.

Pré-requisitos para concorrer a uma bolsa do Prouni

O Prouni é um programa do governo federal que tem por finalidade conceder bolsas de estudo integrais ou parciais para estudantes de baixa renda, em instituições privadas de educação superior.

Para se candidatar ao Prouni referente ao segundo semestre de 2007, o estudante deve ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio 2006 e obtido a nota mínima de 45 pontos (média aritmética entre as provas de redação e conhecimentos gerais), estabelecida pelo Ministério da Educação. Além disso, deve ter cursado o ensino médio completo em escola pública ou em escola particular com bolsa integral ou ainda, ser portador de deficiência. Para concorrer à bolsa integral, o aluno poderá possuir renda familiar de até um salário mínimo e meio, por pessoa. Já para bolsa parcial, terá de possuir até três salários mínimos para cada integrante da família.

O prazo de inscrição para os estudantes concorrerem a bolsas para o segundo semestre vai de 23 de maio a 9 de junho e podem ser feitas através do site do Ministério da Educação .

Leia sobre a melhora do desempenho dos bolsistas do Prouni no Enade, em matéria da Folha de São Paulo.

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

No primeiro semestre deste ano, o Prouni, Programa Universidade para Todos, beneficiou 250 alunos de Santa Maria, dos quais 169 receberam bolsas integrais e 81 parciais, conforme dados do Ministério da Educação. Desde a última quarta-feira, dia 11, estão abertas as inscrições para as instituições de ensino aderirem ao programa e o prazo final é 15 de maio. Os estabelecimentos de ensino que já participam, também precisam renovar o cadastro para continuar oferecendo as bolsas.

O coordenador do Prouni da Unifra, Luciano Cioqueta Bisognin, informa que a entidade participa do programa desde 2005 e oferece aos alunos somente bolsas integrais, pois é considerada pelo Ministério da Educação uma instituição beneficente de assistência social. "A Unifra encerrou 2006 com 205 alunos beneficiados com as bolsas oferecidas pelo Prouni. Todos com isenção total no pagamento de mensalidade", destaca.

Outras instituições como Fames (Faculdade Metodista de Santa Maria), Fadisma (Faculdade de Direito de Santa Maria) e Ulbra (Universidade Luterana do Brasil) também participam do programa. No ano passado, a Fames teve dois bolsistas parciais e 101 totais. A Fadisma contou com 22 alunos contemplados com bolsa integral e cinco com parciais. Já a Ulbra, a exemplo da Unifra, só concede bolsas integrais nas quais 60 estudantes foram beneficiados.

As acadêmicas de jornalismo da Unifra Maria Luiza Guerra e Neli Fabiane Mombelli integram esses dados. Maria Luiza, filha de um pedreiro e de uma dona-de-casa teve no Prouni a oportunidade de fazer um curso superior. No primeiro semestre de 2005, ingressou na universidade com bolsa integral: “Ou era isso, ou era nada! Eu não teria condições de custear meus estudos em uma universidade particular e na Federal o ponto de corte era muito alto”, revela a estudante.

Já Neli Fabiane realizou a prova do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) somente para testar seus conhecimentos e, como teve um bom desempenho, se inscreveu no Programa, em 2006. Filha de agricultores da cidade de Sarandi, a estudante se encaixou no perfil a quem se destinam as vagas. Ela diz que através da bolsa pode fazer o curso que desejava. Porém, não considera que esse programa seja uma maneira de melhorar o sistema de educação no Brasil: “Apesar do Prouni ter me proporcionado cursar uma faculdade, não acredito que esse tipo de programa seja a melhor solução. O investimento teria que ser feito na educação de base (ensino médio e fundamental) para que todos tivessem condições de ingressar na universidade”, desabafa.

Pré-requisitos para concorrer a uma bolsa do Prouni

O Prouni é um programa do governo federal que tem por finalidade conceder bolsas de estudo integrais ou parciais para estudantes de baixa renda, em instituições privadas de educação superior.

Para se candidatar ao Prouni referente ao segundo semestre de 2007, o estudante deve ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio 2006 e obtido a nota mínima de 45 pontos (média aritmética entre as provas de redação e conhecimentos gerais), estabelecida pelo Ministério da Educação. Além disso, deve ter cursado o ensino médio completo em escola pública ou em escola particular com bolsa integral ou ainda, ser portador de deficiência. Para concorrer à bolsa integral, o aluno poderá possuir renda familiar de até um salário mínimo e meio, por pessoa. Já para bolsa parcial, terá de possuir até três salários mínimos para cada integrante da família.

O prazo de inscrição para os estudantes concorrerem a bolsas para o segundo semestre vai de 23 de maio a 9 de junho e podem ser feitas através do site do Ministério da Educação .

Leia sobre a melhora do desempenho dos bolsistas do Prouni no Enade, em matéria da Folha de São Paulo.