Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

História ferroviária em exposição

Inicia amanhã, dia 3, e segue até o fim do mês de abril, no Museu Gama d’Eça, a exposição “Revisitando a História – uma viagem pelos trilhos da memória ferroviária” organizada pela arquivista Ingrid Neumaier. Esta exposição é um resgate do legado deixado pelo avô da expositora, Fernando Neumaier, engenheiro, que veio para o Brasil em 1911 acompanhado da esposa.

Neumaier, natural da Alemanha e funcionário da Companhia “Borsig”, de Berlim, fabricante de locomotivas a vapor, atuou como chefe da locomoção e, sob sua responsabilidade, estavam as oficinas da ferrovia, que trabalhavam na reparação e na construção de locomotivas, carros e vagões.

A mostra, composta pelo acervo particular da família, apresenta, aproximadamente, 60 quadros de cópias fotográficas datadas de 1910 a 1920 – período áureo da viação férrea em Santa Maria.

 

A finalidade da exibição, segundo Ingrid, é, além de homenagear o trabalho do patriarca da família, resgatar a consciência de preservação e de conservação desse patrimônio. “Eu, particularmente, sou idealista. Gostaria que retornasse a ferrovia em nossa cidade até mesmo para fins de turismo, pois durante o processo de organização do material, percebi que há um interesse geral sobre a ferrovia, já que a cidade foi o centro das ferrovias”, destaca.

O trabalho foi exposto, pela primeira vez, em 2006, durante o SEPE (Simpósio de Ensino Pesquisa e Extensão) no Centro Universitário Franciscano – Unifra– que foi uma das instituições colaboradoras do projeto. Ingrid afirma ainda que foi convidada a levar sua mostra a outros espaços culturais da cidade e tem planos de complementá-la com documentos, livros, manuais de montagem e postais da época.

O Museu Gama d´Eça fica na rua do Acampamento, nº 81, e está aberto à visitação de segunda a sexta-feira, das 8h ao meio-dia e das 14h às 17h. A entrada é franca. 

Fotos: Arquivo Familiar (Neumaier) 

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Inicia amanhã, dia 3, e segue até o fim do mês de abril, no Museu Gama d’Eça, a exposição “Revisitando a História – uma viagem pelos trilhos da memória ferroviária” organizada pela arquivista Ingrid Neumaier. Esta exposição é um resgate do legado deixado pelo avô da expositora, Fernando Neumaier, engenheiro, que veio para o Brasil em 1911 acompanhado da esposa.

Neumaier, natural da Alemanha e funcionário da Companhia “Borsig”, de Berlim, fabricante de locomotivas a vapor, atuou como chefe da locomoção e, sob sua responsabilidade, estavam as oficinas da ferrovia, que trabalhavam na reparação e na construção de locomotivas, carros e vagões.

A mostra, composta pelo acervo particular da família, apresenta, aproximadamente, 60 quadros de cópias fotográficas datadas de 1910 a 1920 – período áureo da viação férrea em Santa Maria.

 

A finalidade da exibição, segundo Ingrid, é, além de homenagear o trabalho do patriarca da família, resgatar a consciência de preservação e de conservação desse patrimônio. “Eu, particularmente, sou idealista. Gostaria que retornasse a ferrovia em nossa cidade até mesmo para fins de turismo, pois durante o processo de organização do material, percebi que há um interesse geral sobre a ferrovia, já que a cidade foi o centro das ferrovias”, destaca.

O trabalho foi exposto, pela primeira vez, em 2006, durante o SEPE (Simpósio de Ensino Pesquisa e Extensão) no Centro Universitário Franciscano – Unifra– que foi uma das instituições colaboradoras do projeto. Ingrid afirma ainda que foi convidada a levar sua mostra a outros espaços culturais da cidade e tem planos de complementá-la com documentos, livros, manuais de montagem e postais da época.

O Museu Gama d´Eça fica na rua do Acampamento, nº 81, e está aberto à visitação de segunda a sexta-feira, das 8h ao meio-dia e das 14h às 17h. A entrada é franca. 

Fotos: Arquivo Familiar (Neumaier)