Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Inclusão social nas ondas de rádio

Foi em janeiro de 2002 que nasceu em Brasília uma Organização Não Governamental voltada para o resgate da velha programação do rádio educativo. A idéia reforçava o programa de rádio Escola Brasil, que já estava no ar desde dezembro de 1997. Veiculado através das rádios Nacional de Brasília (AM) e Nacional da Amazônia (OC), as parcerias com inúmeras rádios comunitárias logo apareceram. Mais de 1400 pequenas e grandes cidades foram atingidas e mais de 41 mil cartas foram incentivando a equipe produtora.

A organização tem a missão de divulgar, através do seu programa, o Estatuto dos direitos da criança e dos adolescentes e outras leis de diretrizes e educação, que visam garantir os direitos dos menores e da população de baixa renda, promovendo eventos ligados à educação e comunicação através do rádio. Um espaço onde a inclusão e mobilização social têm um papel de extrema importância, debatendo e informando, através do veículo, assuntos como a defesa do meio ambiente, problemáticas na área da saúde, educação, prostituição infantil, dentre outros.  

Um programa simples, que fala a língua também simples de quem procura conteúdo educativo e cidadão e que tem no rádio o grande companheiro do dia-a-dia. Atinge populações ribeirinhas, comunidades indígenas e quilombolas, enfim, áreas desprovidas de outros recursos de informações como, revistas, jornais impressos, internet, etc.

Na verdade, o resultado não poderia ser outro: um sucesso enorme de audiência e a indicação para mais de seis grandes prêmios de jornalismo nacionais e internacionais. Depois de três anos fora do ar (de fevereiro de 2003 a dezembro de 2006), o programa recebe agora o apoio da Secretaria de Comunicação a Distância do Ministério da Educação, e está de volta sendo distribuído gratuitamente para veiculação em qualquer emissora do país. Para tanto, os interessados devem fazer contato através do site www.escolabrasil.org.br. 

O Programa Escola Brasil é transmitido de segunda a sexta, às 20h (horário de Brasília), pelas rádios Nacional de Brasília (AM – 980 KHz), Nacional da Amazônia (OC – 11.780 KHz/25m e 6.180 KHz/49m) e pelo satélite da Radiobrás para todo o Brasil (Banda C-3.770 MHz, polarização horizontal) e tem duração de 30 minutos.

O programa foi idealizado em 1997, pelo radialista Airton de Medeiros e busca combater o analfabetismo, a desnutrição, a exploração infantil, entre outros problemas de ordem social.

Qualquer emissora do país poderá veicular o Programa. Para isso, basta seguir as instruções encontradas no site www.escolabrasil.org.br. 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Foi em janeiro de 2002 que nasceu em Brasília uma Organização Não Governamental voltada para o resgate da velha programação do rádio educativo. A idéia reforçava o programa de rádio Escola Brasil, que já estava no ar desde dezembro de 1997. Veiculado através das rádios Nacional de Brasília (AM) e Nacional da Amazônia (OC), as parcerias com inúmeras rádios comunitárias logo apareceram. Mais de 1400 pequenas e grandes cidades foram atingidas e mais de 41 mil cartas foram incentivando a equipe produtora.

A organização tem a missão de divulgar, através do seu programa, o Estatuto dos direitos da criança e dos adolescentes e outras leis de diretrizes e educação, que visam garantir os direitos dos menores e da população de baixa renda, promovendo eventos ligados à educação e comunicação através do rádio. Um espaço onde a inclusão e mobilização social têm um papel de extrema importância, debatendo e informando, através do veículo, assuntos como a defesa do meio ambiente, problemáticas na área da saúde, educação, prostituição infantil, dentre outros.  

Um programa simples, que fala a língua também simples de quem procura conteúdo educativo e cidadão e que tem no rádio o grande companheiro do dia-a-dia. Atinge populações ribeirinhas, comunidades indígenas e quilombolas, enfim, áreas desprovidas de outros recursos de informações como, revistas, jornais impressos, internet, etc.

Na verdade, o resultado não poderia ser outro: um sucesso enorme de audiência e a indicação para mais de seis grandes prêmios de jornalismo nacionais e internacionais. Depois de três anos fora do ar (de fevereiro de 2003 a dezembro de 2006), o programa recebe agora o apoio da Secretaria de Comunicação a Distância do Ministério da Educação, e está de volta sendo distribuído gratuitamente para veiculação em qualquer emissora do país. Para tanto, os interessados devem fazer contato através do site www.escolabrasil.org.br. 

O Programa Escola Brasil é transmitido de segunda a sexta, às 20h (horário de Brasília), pelas rádios Nacional de Brasília (AM – 980 KHz), Nacional da Amazônia (OC – 11.780 KHz/25m e 6.180 KHz/49m) e pelo satélite da Radiobrás para todo o Brasil (Banda C-3.770 MHz, polarização horizontal) e tem duração de 30 minutos.

O programa foi idealizado em 1997, pelo radialista Airton de Medeiros e busca combater o analfabetismo, a desnutrição, a exploração infantil, entre outros problemas de ordem social.

Qualquer emissora do país poderá veicular o Programa. Para isso, basta seguir as instruções encontradas no site www.escolabrasil.org.br.