Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Olimpíadas Filosóficas em pauta

     As Olimpíadas são conhecidas por gerar competições e possuírem premiações, sempre há um vencedor. Mas a proposta das Olimpíadas Filosóficas é diferente: o importante é compartilhar idéias e construir o conhecimento. Os coordenadores dos cursos de filosofia que integram o Fórum Sul de Filosofia, reunindo os estados do RS, SC e PR, possuem um grupo de discussão via internet, que está se organizando para criar as Olimpíadas Filosóficas do Rio Grande do Sul.

     Destinadas ao ensino médio, o projeto piloto deverá funcionar, em primeira instância, em algumas escolas públicas do Rio Grande do Sul. Conforme a coordenadora do curso de Filosofia da Unifra e uma das responsáveis pela instauração das olimpíadas em Santa Maria, Rita de Athayde Gonçalves, a idéia é estruturá-las a nível regional para depois  ampliá-las. “Nós vamos ver como vai funcionar aqui para depois expandir para todo o estado” podendo, daqui um tempo, ser realizadas a nível nacional.

     O processo para expansão vai ser gradual, uma vez que não há financiamento de parte alguma, dependendo apenas do trabalho voluntário dos professores. Também não haverá premiação nas olimpíadas mas sim, possivelmente, entrega de certificados. A tarefa será baseada na exposição de um tema e os alunos deverão discorrer sobre ele, por exemplo: “Existe uma sociedade justa?”

     Quem trouxe a idéia para cá foi o professor uruguaio Maurício Langon, que já foi presidente da Associação Filosófica do Uruguai e, atualmente, ajuda a organizar as Olimpíadas de lá, existentes desde 1999. A idéia original surgiu na Bulgária, na década de 90. Há ainda as Olimpíadas Filosóficas Internacionais que contam com o apoio da Unesco.    “…las Olimpíadas es uma concepción democrática…filosofar es fomentar la diversidad de actividades filosóficas que, pasando por la escucha y la lectura, habiliten a sostener discusiones (orales) y producciones (escritas), tanto personales como colectivas.”,conclui Langon.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

     As Olimpíadas são conhecidas por gerar competições e possuírem premiações, sempre há um vencedor. Mas a proposta das Olimpíadas Filosóficas é diferente: o importante é compartilhar idéias e construir o conhecimento. Os coordenadores dos cursos de filosofia que integram o Fórum Sul de Filosofia, reunindo os estados do RS, SC e PR, possuem um grupo de discussão via internet, que está se organizando para criar as Olimpíadas Filosóficas do Rio Grande do Sul.

     Destinadas ao ensino médio, o projeto piloto deverá funcionar, em primeira instância, em algumas escolas públicas do Rio Grande do Sul. Conforme a coordenadora do curso de Filosofia da Unifra e uma das responsáveis pela instauração das olimpíadas em Santa Maria, Rita de Athayde Gonçalves, a idéia é estruturá-las a nível regional para depois  ampliá-las. “Nós vamos ver como vai funcionar aqui para depois expandir para todo o estado” podendo, daqui um tempo, ser realizadas a nível nacional.

     O processo para expansão vai ser gradual, uma vez que não há financiamento de parte alguma, dependendo apenas do trabalho voluntário dos professores. Também não haverá premiação nas olimpíadas mas sim, possivelmente, entrega de certificados. A tarefa será baseada na exposição de um tema e os alunos deverão discorrer sobre ele, por exemplo: “Existe uma sociedade justa?”

     Quem trouxe a idéia para cá foi o professor uruguaio Maurício Langon, que já foi presidente da Associação Filosófica do Uruguai e, atualmente, ajuda a organizar as Olimpíadas de lá, existentes desde 1999. A idéia original surgiu na Bulgária, na década de 90. Há ainda as Olimpíadas Filosóficas Internacionais que contam com o apoio da Unesco.    “…las Olimpíadas es uma concepción democrática…filosofar es fomentar la diversidad de actividades filosóficas que, pasando por la escucha y la lectura, habiliten a sostener discusiones (orales) y producciones (escritas), tanto personales como colectivas.”,conclui Langon.