Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Santa-mariense é destaque na canoagem

A Vila Pércio Reis possui um destaque no esporte: Vânia Nadon, 20 anos, campeã brasileira de canoagem, duas vezes campeã pan-americana, além de ter sido a primeira mulher a disputar o mundial Junior em 2003 no Japão.

Moradora da vila, hoje ela é Técnica de Canoagem do projeto SMCA (Santa Maria Caiaque), patrocinado pelo Cross Clube, com parceria da CGTE, que realiza o CGTE canoagem nas escolas. O projeto acontece em cinco cidades e em Santa Maria, há a participação de várias escolas.

“A canoagem, em Santa Maria, ainda possui muitas dificuldades para se manter. Trabalhamos mais com colégios perto da barragem. A prefeitura ajuda na alimentação e o transporte apenas de uma escola, as crianças dos outros colégios eu busco”, conta Vânia.

 Vânia começou a praticar este esporte pelo projeto canoagem nas escolas, através do colégio São Paulo, participando de campeonatos. Seu talento e determinação logo apareceram chegando assim à seleção.

 Hoje, atua como voluntária construindo uma equipe que participa dos campeonatos gaúchos. Ela treina as crianças desde pequenas até entrarem para o grupo de competição, com o intuito de fazer com que alguma dessas crianças tenha a mesma oportunidade que ela teve de fazer parte da seleção.

Também fazem parte deste projeto dois professores de Educação Física: a coordenadora, Margarete Fontoura, e Fernando Lemos, que é o chefe do projeto, que coordena todas as cidades.

O objetivo deste projeto é divulgar mais a canoagem no Rio Grande do Sul, contribuindo para a expansão do esporte. Em 2004, por motivos pessoais Vânia teve de abandonar a seleção, mas não o esporte. Ela se orgulha por ter chegado longe e hoje ensina tudo que aprendeu para as crianças.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

A Vila Pércio Reis possui um destaque no esporte: Vânia Nadon, 20 anos, campeã brasileira de canoagem, duas vezes campeã pan-americana, além de ter sido a primeira mulher a disputar o mundial Junior em 2003 no Japão.

Moradora da vila, hoje ela é Técnica de Canoagem do projeto SMCA (Santa Maria Caiaque), patrocinado pelo Cross Clube, com parceria da CGTE, que realiza o CGTE canoagem nas escolas. O projeto acontece em cinco cidades e em Santa Maria, há a participação de várias escolas.

“A canoagem, em Santa Maria, ainda possui muitas dificuldades para se manter. Trabalhamos mais com colégios perto da barragem. A prefeitura ajuda na alimentação e o transporte apenas de uma escola, as crianças dos outros colégios eu busco”, conta Vânia.

 Vânia começou a praticar este esporte pelo projeto canoagem nas escolas, através do colégio São Paulo, participando de campeonatos. Seu talento e determinação logo apareceram chegando assim à seleção.

 Hoje, atua como voluntária construindo uma equipe que participa dos campeonatos gaúchos. Ela treina as crianças desde pequenas até entrarem para o grupo de competição, com o intuito de fazer com que alguma dessas crianças tenha a mesma oportunidade que ela teve de fazer parte da seleção.

Também fazem parte deste projeto dois professores de Educação Física: a coordenadora, Margarete Fontoura, e Fernando Lemos, que é o chefe do projeto, que coordena todas as cidades.

O objetivo deste projeto é divulgar mais a canoagem no Rio Grande do Sul, contribuindo para a expansão do esporte. Em 2004, por motivos pessoais Vânia teve de abandonar a seleção, mas não o esporte. Ela se orgulha por ter chegado longe e hoje ensina tudo que aprendeu para as crianças.