Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

FEISMA: Apagou tudo

                                                     

25 minutos é tempo suficiente para causar transtornos. Esse foi o período em que a Feisma ficou sem luz. A energia caiu às 17h e prejudicou o andamento da feira.  Nessa segunda-feira, dia 3, os moradores da rua Appel também foram afetados. O problema foi solucionado pela empresa fornecedora de energia AES Sul.

 

             

 

Na tarde quente, o sorvete derreteu, a água mineral ficou morna, os computadores ficaram desligados e os ventiladores pararam. A atendente do estande de uma sorveteria, Cristina Oliveira, 28 anos, estava aflita com a queda. O problema foi a perda da consistência do produto. “O picolé agüenta por mais tempo por causa do gelo da máquina”, explica.

O Cine Feisma, localizado no pavilhão Imembuí, também foi prejudicado. A sessão das 17h, que exibiria “Lili e o Monstro”, de Sérgio Assis Brasil, atrasou. As sessões são gratuitas e exibem produções locais a cada uma hora.

 

Fotos: Giulianno Olivar (Laboratório de Fotografia e Memória)

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

                                                     

25 minutos é tempo suficiente para causar transtornos. Esse foi o período em que a Feisma ficou sem luz. A energia caiu às 17h e prejudicou o andamento da feira.  Nessa segunda-feira, dia 3, os moradores da rua Appel também foram afetados. O problema foi solucionado pela empresa fornecedora de energia AES Sul.

 

             

 

Na tarde quente, o sorvete derreteu, a água mineral ficou morna, os computadores ficaram desligados e os ventiladores pararam. A atendente do estande de uma sorveteria, Cristina Oliveira, 28 anos, estava aflita com a queda. O problema foi a perda da consistência do produto. “O picolé agüenta por mais tempo por causa do gelo da máquina”, explica.

O Cine Feisma, localizado no pavilhão Imembuí, também foi prejudicado. A sessão das 17h, que exibiria “Lili e o Monstro”, de Sérgio Assis Brasil, atrasou. As sessões são gratuitas e exibem produções locais a cada uma hora.

 

Fotos: Giulianno Olivar (Laboratório de Fotografia e Memória)