Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

FEISMA: Para rir de si mesmo

 Procura-se vítimas! Com esta frase, o Arttelie Itinerante do desenhista Pepe Vidal atrai vários curiosos na Feisma. As vítimas são pessoas que encontram uma forma de achar graça de si mesmas. Sentado à frente de uma tela, em princípio branca, Pepe transforma fisionomias físicas em divertidas caricaturas. A busca por traços e detalhes já somam mais de 100 mil caricaturas produzidas pelo mundo durante os 30 anos de profissão.

Natural de Barcelona, Espanha, o desenhista tinha um projeto de percorrer 106 países e quatro continentes até o ano de 2010. A meta foi alcançada antes do prazo. As caricaturas produzidas com greta, uma caneta especial produzida na Áustria, já levaram Pepe a 128 países em cinco continentes. Pepe fala fluente em italiano, português, espanhol, russo e inglês, e ainda conta que “arranha” algumas outras línguas. “Eu sou do mundo”, enfatiza ele.

O caricaturista diz que veio pela primeira vez a Santa Maria de “Maria Fumaça”. Há 15 anos, vem especialmente para o município a convite da multifeira. O sucesso é fruto de muita observação e dedicação. Apesar de desenhar desde criança, Pepe afirma que já fez diversos cursos, entre eles de desenho animado e história em quadrinhos.

Pepe, que também pinta retratos e quadros, acredita que as pessoas apreciam as caricaturas porque encaram como uma forma de ver seu lado engraçado: “Muita gente não conhece o sorriso que tem. Procuro extrair o máximo do sorriso”, explica. Para o espanhol, não há como definir o humor, porque de acordo com ele, cada um tem um grau ou uma forma de humor diferente.

Ainda há tempo de fazer sua caricatura. Amanhã é o último dia de Feisma e a próxima parada é na Argentina.

Fotos: Vinícius Freitas (Laboratório de Fotografia e Memória)

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

 Procura-se vítimas! Com esta frase, o Arttelie Itinerante do desenhista Pepe Vidal atrai vários curiosos na Feisma. As vítimas são pessoas que encontram uma forma de achar graça de si mesmas. Sentado à frente de uma tela, em princípio branca, Pepe transforma fisionomias físicas em divertidas caricaturas. A busca por traços e detalhes já somam mais de 100 mil caricaturas produzidas pelo mundo durante os 30 anos de profissão.

Natural de Barcelona, Espanha, o desenhista tinha um projeto de percorrer 106 países e quatro continentes até o ano de 2010. A meta foi alcançada antes do prazo. As caricaturas produzidas com greta, uma caneta especial produzida na Áustria, já levaram Pepe a 128 países em cinco continentes. Pepe fala fluente em italiano, português, espanhol, russo e inglês, e ainda conta que “arranha” algumas outras línguas. “Eu sou do mundo”, enfatiza ele.

O caricaturista diz que veio pela primeira vez a Santa Maria de “Maria Fumaça”. Há 15 anos, vem especialmente para o município a convite da multifeira. O sucesso é fruto de muita observação e dedicação. Apesar de desenhar desde criança, Pepe afirma que já fez diversos cursos, entre eles de desenho animado e história em quadrinhos.

Pepe, que também pinta retratos e quadros, acredita que as pessoas apreciam as caricaturas porque encaram como uma forma de ver seu lado engraçado: “Muita gente não conhece o sorriso que tem. Procuro extrair o máximo do sorriso”, explica. Para o espanhol, não há como definir o humor, porque de acordo com ele, cada um tem um grau ou uma forma de humor diferente.

Ainda há tempo de fazer sua caricatura. Amanhã é o último dia de Feisma e a próxima parada é na Argentina.

Fotos: Vinícius Freitas (Laboratório de Fotografia e Memória)