Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

FEISMA: últimos flagrantes

Para encerrar, os últimos flagrantes da Feira que movimentou Santa Maria na última semana:

 Alegria que chegou ao estande vizinho. De tanto tocar tambor em seu estande, o grupo de percussão Cuica decidiu expandir seu som até a área reservada ao pessoal do Viva Positivamente. A mistura resultou no bate-lata contagiante estampado no sorriso do grupo.

 

 

 

 

 No reflexo, o movimento; na parede, um pouco das belas artes que se espalham pelos estandes da Feisma. Nos artesanatos, a mistura de delicadeza dos trabalhados feitos em couro.

 

 

 

 

 Para embalar um bom domingo gaúcho, o som da gaita do grupo ‘Três Rios’ foi quem marcou o compasso da praça de alimentação da Feira. Também subiu ao palco o grupo ‘Caminhos de Jade’ que encantou por suas cores e movimentos.

 

 

 

 

 Se ainda há quem desmate, há uma galerinha esperta disposta a mostrar como é que se faz. Conscientizados de que devem cuidar do meio ambiente, eles exibem alegres as mudas que ganharam na Feisma.

 

 

 

 

 Difícil resistir ao forte calor que tomou conta do domingo sem apelar para as deliciosas ferramentas que refrescam no verão. No último dia da Feira a atração principal, certamente, foram os sorvetes.

 

 

 

 

 Arte que o sol se encarregou de desenhar.  Do chão, a pintura se destacou aos olhos do fotógrafo Douglas Menezes, que não pensou duas vezes em registrar essa arte natural.

 

 

 

 

 

 Outra atração da praça de alimentação levou o hip-hop do Grupo Impacto das Ruas para o palco. O grupo que existe apenas há três anos, não tem fins lucrativos e já possui reconhecimento em competições de dança em âmbito nacional.

 

 

 

 

Fotos: Douglas Menezes  (Laboratório de Fotografia e Memória)

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Para encerrar, os últimos flagrantes da Feira que movimentou Santa Maria na última semana:

 Alegria que chegou ao estande vizinho. De tanto tocar tambor em seu estande, o grupo de percussão Cuica decidiu expandir seu som até a área reservada ao pessoal do Viva Positivamente. A mistura resultou no bate-lata contagiante estampado no sorriso do grupo.

 

 

 

 

 No reflexo, o movimento; na parede, um pouco das belas artes que se espalham pelos estandes da Feisma. Nos artesanatos, a mistura de delicadeza dos trabalhados feitos em couro.

 

 

 

 

 Para embalar um bom domingo gaúcho, o som da gaita do grupo ‘Três Rios’ foi quem marcou o compasso da praça de alimentação da Feira. Também subiu ao palco o grupo ‘Caminhos de Jade’ que encantou por suas cores e movimentos.

 

 

 

 

 Se ainda há quem desmate, há uma galerinha esperta disposta a mostrar como é que se faz. Conscientizados de que devem cuidar do meio ambiente, eles exibem alegres as mudas que ganharam na Feisma.

 

 

 

 

 Difícil resistir ao forte calor que tomou conta do domingo sem apelar para as deliciosas ferramentas que refrescam no verão. No último dia da Feira a atração principal, certamente, foram os sorvetes.

 

 

 

 

 Arte que o sol se encarregou de desenhar.  Do chão, a pintura se destacou aos olhos do fotógrafo Douglas Menezes, que não pensou duas vezes em registrar essa arte natural.

 

 

 

 

 

 Outra atração da praça de alimentação levou o hip-hop do Grupo Impacto das Ruas para o palco. O grupo que existe apenas há três anos, não tem fins lucrativos e já possui reconhecimento em competições de dança em âmbito nacional.

 

 

 

 

Fotos: Douglas Menezes  (Laboratório de Fotografia e Memória)