Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Jornada discute Educação e os meios virtuais

 Iniciou na noite dessa terça-feira, 5 de outubro, a 14ª Jornada Nacional de Educação . A temática deste ano visa discutir a ‘Educação na sociedade dos meios virtuais’. Teóricos, professores e estudantes de vários campos reúnem-se no Centro Universitário Franciscano para debater o uso pedagógico das novas tecnologias.

Uma abertura para sentir o clima de como será a jornada. Os aplausos dos minutos iniciais foram resultado da bela apresentação do Grupo Sorriso com Arte, do Colégio Santa Maria. Emoção essa que tomou conta até mesmo da palestrante que daria seqüência às atividades da noite.

 

 “Fica até difícil seguir a minha apresentação, diante dessa coisa tão linda que podemos assistir agora, e que é feita dentro do colégio, em sala de aula”, comentou a profª Léa da Cruz Fagundes, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Em seguida Léa  falou sobre ‘A Formação do Professor para a Inclusão da Escola na Cultura Digital’.

Temos aqui o quê? Cerca de duzentas pessoas?” questionou. Da platéia vem a resposta que Léa retruca: “Seiscentas! Ai meu deus!” espanta-se a palestrante.  A surpresa não era para menos, nas várias fileiras de cadeiras do Salão de Atos do Campus I, perdia-se de vista o número de participantes que atentos ouviam Léa falar das renovações necessárias a serem feitas no ensino público. 

 

Durante suas explanações, a professora ainda falou da importância de se ter novas compreensões sobre a Educação. “Na escola em que você trabalha tem paredes? Tem mesas? Tem quadros? Tem porta? Há quantos anos é desse jeito?” reflete. Para ela o segredo da motivação do aluno está no uso de novos métodos para instigá-los à curiosidade. Papel que para ela o meio virtual pode suprir bem. “Então temos que entender que por mais que seja um meio novo para a gente, é imprescindível que nós nos insiramos nessa nova tecnologia e nos desprendamos dos nossos medos”, comenta.

 

A 14ª Jornada Nacional de Educação da UNIFRA acontece até sexta-feira, dia 10 de outubro. O cronograma prevê conferências e mini-cursos que abrangem todas os cursos da área de Ciências Humanas e da Ciências Tecnológicas. Conforme um dos responsáveis pela organização da Jornada,  prof. Rogério Assis Brasil, do Laboratório de Eventos do curso de Turismo, o maior enfoque deste evento é demonstrar como essas áreas são interdisciplinares. “Tudo foi pensado a partir dessa relação que se pode encontrar ao focar essas áreas. Elas se interligam, se relacionam de tal modo que se formos prestar atenção, nós estamos falando de uma coisa só”, ressalta.

 

Fotos: Bibiane Moreira (Laboratório de Fotografia e Memória)

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

 Iniciou na noite dessa terça-feira, 5 de outubro, a 14ª Jornada Nacional de Educação . A temática deste ano visa discutir a ‘Educação na sociedade dos meios virtuais’. Teóricos, professores e estudantes de vários campos reúnem-se no Centro Universitário Franciscano para debater o uso pedagógico das novas tecnologias.

Uma abertura para sentir o clima de como será a jornada. Os aplausos dos minutos iniciais foram resultado da bela apresentação do Grupo Sorriso com Arte, do Colégio Santa Maria. Emoção essa que tomou conta até mesmo da palestrante que daria seqüência às atividades da noite.

 

 “Fica até difícil seguir a minha apresentação, diante dessa coisa tão linda que podemos assistir agora, e que é feita dentro do colégio, em sala de aula”, comentou a profª Léa da Cruz Fagundes, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Em seguida Léa  falou sobre ‘A Formação do Professor para a Inclusão da Escola na Cultura Digital’.

Temos aqui o quê? Cerca de duzentas pessoas?” questionou. Da platéia vem a resposta que Léa retruca: “Seiscentas! Ai meu deus!” espanta-se a palestrante.  A surpresa não era para menos, nas várias fileiras de cadeiras do Salão de Atos do Campus I, perdia-se de vista o número de participantes que atentos ouviam Léa falar das renovações necessárias a serem feitas no ensino público. 

 

Durante suas explanações, a professora ainda falou da importância de se ter novas compreensões sobre a Educação. “Na escola em que você trabalha tem paredes? Tem mesas? Tem quadros? Tem porta? Há quantos anos é desse jeito?” reflete. Para ela o segredo da motivação do aluno está no uso de novos métodos para instigá-los à curiosidade. Papel que para ela o meio virtual pode suprir bem. “Então temos que entender que por mais que seja um meio novo para a gente, é imprescindível que nós nos insiramos nessa nova tecnologia e nos desprendamos dos nossos medos”, comenta.

 

A 14ª Jornada Nacional de Educação da UNIFRA acontece até sexta-feira, dia 10 de outubro. O cronograma prevê conferências e mini-cursos que abrangem todas os cursos da área de Ciências Humanas e da Ciências Tecnológicas. Conforme um dos responsáveis pela organização da Jornada,  prof. Rogério Assis Brasil, do Laboratório de Eventos do curso de Turismo, o maior enfoque deste evento é demonstrar como essas áreas são interdisciplinares. “Tudo foi pensado a partir dessa relação que se pode encontrar ao focar essas áreas. Elas se interligam, se relacionam de tal modo que se formos prestar atenção, nós estamos falando de uma coisa só”, ressalta.

 

Fotos: Bibiane Moreira (Laboratório de Fotografia e Memória)