Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

O Pensador na feira

 
Entre rimas, histórias e um pouco de rap, Gabriel o Pensador abriu o bate-papo do Livro Livre na Feira do Livro 2008, nesse dia 3 na praça Saldanha Marinho. Depois de muita foto e autógrafos, Gabriel falou sobre o seu livro “Diário Noturno” e ainda apresentou sua outra publicação “Um garoto chamado Rorbeto” (prêmio Jabuti 2006).

 

 O Pensador ressaltou a importância da leitura, dos professores na formação das crianças e, ainda, contou um pouco das histórias do seu Diário Noturno. O livro guarda momentos vividos pelo cantor, compositor e escritor desde sua adolescência, textos que refletem sua inquietude com os problemas sociais e políticos do país. Racismo, miséria, corrupção, fé são alguns dos temas encontrados nas 165 páginas do livro.

 

 

 

 

Uma das histórias que contou aconteceu quando tinha 12 anos, ao ir em uma conferência contra o racismo com uns amigos, subiu escondido no palco e pediu ao mediador José Wilcker para falar. Entre engravatados, o menino conseguiu o microfone e acabou discursando sobre o que mais lhe incomodava “na ignorância de quem era racista” disse ele. O rap criado nessa ocasião pode ser encontrado no livro.

 

Gabriel agora procura tempo para administrar seus projetos. Além dos shows no Brasil e na Europa, ele trabalha na gravação do seu próximo álbum e na adaptação do livro Um garoto chamado Rorbeto para o teatro, que estréia dia 14 de junho.

 

Acompanhe a programação da feira do Livro de Santa Maria 2008 pelo site:

www.feiradolivrosantamaria.com.br

 

 

 

Fotos: Bibiane Moreira (Núcleo de Fotografia e Memória) 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

 
Entre rimas, histórias e um pouco de rap, Gabriel o Pensador abriu o bate-papo do Livro Livre na Feira do Livro 2008, nesse dia 3 na praça Saldanha Marinho. Depois de muita foto e autógrafos, Gabriel falou sobre o seu livro “Diário Noturno” e ainda apresentou sua outra publicação “Um garoto chamado Rorbeto” (prêmio Jabuti 2006).

 

 O Pensador ressaltou a importância da leitura, dos professores na formação das crianças e, ainda, contou um pouco das histórias do seu Diário Noturno. O livro guarda momentos vividos pelo cantor, compositor e escritor desde sua adolescência, textos que refletem sua inquietude com os problemas sociais e políticos do país. Racismo, miséria, corrupção, fé são alguns dos temas encontrados nas 165 páginas do livro.

 

 

 

 

Uma das histórias que contou aconteceu quando tinha 12 anos, ao ir em uma conferência contra o racismo com uns amigos, subiu escondido no palco e pediu ao mediador José Wilcker para falar. Entre engravatados, o menino conseguiu o microfone e acabou discursando sobre o que mais lhe incomodava “na ignorância de quem era racista” disse ele. O rap criado nessa ocasião pode ser encontrado no livro.

 

Gabriel agora procura tempo para administrar seus projetos. Além dos shows no Brasil e na Europa, ele trabalha na gravação do seu próximo álbum e na adaptação do livro Um garoto chamado Rorbeto para o teatro, que estréia dia 14 de junho.

 

Acompanhe a programação da feira do Livro de Santa Maria 2008 pelo site:

www.feiradolivrosantamaria.com.br

 

 

 

Fotos: Bibiane Moreira (Núcleo de Fotografia e Memória)