Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Roupas de verão ou de inverno?

 Com o clima indefinido não é só a saúde a prejudicada, o comércio também sofre. Estamos no mês de setembro e as temperaturas permanecem baixas, apesar de um forte calor já ter aparecido. As liquidações de inverno já terminaram em muitas lojas e as novas coleções de verão já estão nas vitrines. Mas e as pessoas, compram o quê?

Desde o primeiro calor, os novos modelos nas vitrines atraem consumidores. Segundo a vendedora Jessika Venes, a procura pelas roupas de inverno é baixa, mas como ainda tem peças em promoção, vende. Já as roupas de verão, só vendem porque chegou coleção nova: “mesmo assim a maioria do pessoal fica em dúvida na hora de comprar”.

Para a dona de loja Márcia Puhlmann, as vendas estão ‘fracas’: “O que se vende são roupas para balada, além dos jeans e alguma coisa de inverno que ficou”.  A gerente de uma outra loja, Lise Carneiro, explica que as roupas de verão já têm saído e que tem poucas roupas de inverno no estoque. “A maioria são blusinhas para usar nas boates, onde é quente”.

De acordo com o gerente Dirlei Ferreira da Silva, o problema é mesmo o clima: “As pessoas ficam indecisas com o frio e as novas roupas para o verão chegando”. A gerente de outra loja, Josiele Martins Razera, conta que as pessoas já não querem investir em roupas de inverno, em pleno mês de setembro, mas também não querem levar muitas roupas que ainda não vão usar.

 

A dona de casa Márcia Cassol já comprou roupas de verão: “Não vale a pena gastar com coleção antiga se os novos modelos chegaram, apesar de o tempo não colaborar”. Para ela o complicado são as mudanças no mesmo dia: “O calorzinho à tarde e frio pela manhã e à noite”.

 

 Os comerciantes e os que sofrem com gripes e dores de garganta são os que mais torcem por uma definição do clima. Com o tempo frio que deveria ter terminado e as roupas novas de verão, quem não fica em dúvida?

 

 

Fotos: Arieli Ziegler (Laboratório de Fotografia e Memória)

 

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

 Com o clima indefinido não é só a saúde a prejudicada, o comércio também sofre. Estamos no mês de setembro e as temperaturas permanecem baixas, apesar de um forte calor já ter aparecido. As liquidações de inverno já terminaram em muitas lojas e as novas coleções de verão já estão nas vitrines. Mas e as pessoas, compram o quê?

Desde o primeiro calor, os novos modelos nas vitrines atraem consumidores. Segundo a vendedora Jessika Venes, a procura pelas roupas de inverno é baixa, mas como ainda tem peças em promoção, vende. Já as roupas de verão, só vendem porque chegou coleção nova: “mesmo assim a maioria do pessoal fica em dúvida na hora de comprar”.

Para a dona de loja Márcia Puhlmann, as vendas estão ‘fracas’: “O que se vende são roupas para balada, além dos jeans e alguma coisa de inverno que ficou”.  A gerente de uma outra loja, Lise Carneiro, explica que as roupas de verão já têm saído e que tem poucas roupas de inverno no estoque. “A maioria são blusinhas para usar nas boates, onde é quente”.

De acordo com o gerente Dirlei Ferreira da Silva, o problema é mesmo o clima: “As pessoas ficam indecisas com o frio e as novas roupas para o verão chegando”. A gerente de outra loja, Josiele Martins Razera, conta que as pessoas já não querem investir em roupas de inverno, em pleno mês de setembro, mas também não querem levar muitas roupas que ainda não vão usar.

 

A dona de casa Márcia Cassol já comprou roupas de verão: “Não vale a pena gastar com coleção antiga se os novos modelos chegaram, apesar de o tempo não colaborar”. Para ela o complicado são as mudanças no mesmo dia: “O calorzinho à tarde e frio pela manhã e à noite”.

 

 Os comerciantes e os que sofrem com gripes e dores de garganta são os que mais torcem por uma definição do clima. Com o tempo frio que deveria ter terminado e as roupas novas de verão, quem não fica em dúvida?

 

 

Fotos: Arieli Ziegler (Laboratório de Fotografia e Memória)