Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Sábado de sol e festa para Santa Maria

O estádio Presidente Vargas esteve em festa nessa tarde de sábado, mas quem brilhou não foi o futebol. O tempo colaborou e o Encontro de Bandas Marciais atraiu cerca de 4 mil santa-marienses para mais uma homenagem aos 150 anos da cidade.

 Os portões do estádio abriram às 14h30min e quando as apresentações começaram, às 16hs, o público alcançava cerca de 4 mil pessoas. “ Eu vim pelas crianças, não é sempre que tem um evento gratuito que eles possam prestigiar”, conta Diane de Souza. Ela e a prima Rosa Rodrigues aproveitaram o encontro para fazer um programa diferente com as sobrinhas Brenda, 7 anos, e Maria Clara, 3 anos.

 A festa reuniu músicos experientes das bandas da Base Aérea, da Brigada Militar, da 3ª Divisão do Exército e do Corpo dos Fuzileiros Navais do Rio de Janeiro com os estudantes das bandas das escolas Manuel Ribas, Xavier da Rocha e Divina Providência. “O encontro proporciona as crianças vivenciarem o trabalho de bandas como dos fusileiros navais, referência na América Latina. Elas estão muito emocionadas”, afirma Fátima Beatriz de Castro Santos, regente da Banda Marcial da Escola Estadual de Ensino Fundamental Dr. Antônio Xavier da Rocha. A banda da escola de Fátima trabalha com alunos a partir da 3ª série e tem por objetivo a inclusão social através da música.

O evento foi mais uma homenagem aos 150 anos de Santa Maria. “ É coisa mais bonita ver os jovens, eu assisti os 100 anos e é maravilhoso estar nos 150”, conta Maria Helena Silveira, 64 anos que esperava a apresentação da Banda Marcial Manuel Ribas, uma das bandas tradicionais da cidade. O casal Renato e Cleonice Pereira levaram o neto Wendel, de 2 anos, para ouvir a Banda de Música da Brigada Militar, “Ele adora, fica atento, encantado”, contam os avós.

A atração principal do encontro foi a Banda Marcial do Corpo de Fuzileiros Navais do Rio de Janeiro. A banda tem 130 componentes, representa Marinha do Brasil e Fuzileiros Navais e é considerada uma das maiores bandas marciais do mundo. Entre as apresentações do grupo, destacam-se a coroação da Rainha da Inglaterra Elizabeth II nas comemorações cabralinas em Portugal e a abertura do desfile de 14 de julho em Paris, nas comemorações do Ano do Brasil na França.

Fotos: Bibiane Moreira (Núcleo de Fotografia e Memória)

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O estádio Presidente Vargas esteve em festa nessa tarde de sábado, mas quem brilhou não foi o futebol. O tempo colaborou e o Encontro de Bandas Marciais atraiu cerca de 4 mil santa-marienses para mais uma homenagem aos 150 anos da cidade.

 Os portões do estádio abriram às 14h30min e quando as apresentações começaram, às 16hs, o público alcançava cerca de 4 mil pessoas. “ Eu vim pelas crianças, não é sempre que tem um evento gratuito que eles possam prestigiar”, conta Diane de Souza. Ela e a prima Rosa Rodrigues aproveitaram o encontro para fazer um programa diferente com as sobrinhas Brenda, 7 anos, e Maria Clara, 3 anos.

 A festa reuniu músicos experientes das bandas da Base Aérea, da Brigada Militar, da 3ª Divisão do Exército e do Corpo dos Fuzileiros Navais do Rio de Janeiro com os estudantes das bandas das escolas Manuel Ribas, Xavier da Rocha e Divina Providência. “O encontro proporciona as crianças vivenciarem o trabalho de bandas como dos fusileiros navais, referência na América Latina. Elas estão muito emocionadas”, afirma Fátima Beatriz de Castro Santos, regente da Banda Marcial da Escola Estadual de Ensino Fundamental Dr. Antônio Xavier da Rocha. A banda da escola de Fátima trabalha com alunos a partir da 3ª série e tem por objetivo a inclusão social através da música.

O evento foi mais uma homenagem aos 150 anos de Santa Maria. “ É coisa mais bonita ver os jovens, eu assisti os 100 anos e é maravilhoso estar nos 150”, conta Maria Helena Silveira, 64 anos que esperava a apresentação da Banda Marcial Manuel Ribas, uma das bandas tradicionais da cidade. O casal Renato e Cleonice Pereira levaram o neto Wendel, de 2 anos, para ouvir a Banda de Música da Brigada Militar, “Ele adora, fica atento, encantado”, contam os avós.

A atração principal do encontro foi a Banda Marcial do Corpo de Fuzileiros Navais do Rio de Janeiro. A banda tem 130 componentes, representa Marinha do Brasil e Fuzileiros Navais e é considerada uma das maiores bandas marciais do mundo. Entre as apresentações do grupo, destacam-se a coroação da Rainha da Inglaterra Elizabeth II nas comemorações cabralinas em Portugal e a abertura do desfile de 14 de julho em Paris, nas comemorações do Ano do Brasil na França.

Fotos: Bibiane Moreira (Núcleo de Fotografia e Memória)