Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Santa Maria abre alas para o cinema

Foram meses sem salas de cinema. Entretanto isso nunca interferiu na paixão de Santa Maria pela sétima arte. Os cineclubes davam conta de manter os cinéfilos bem servidos. Foi então que, há pouco tempo, a população teve novamente a possibilidade de desfrutar das salas escuras e dos lançamentos do cinema. No ano mais conflitante para o cinema local, novembro agrega mais uma comemoração para a produção audiovisual da cidade: o festival Santa Maria Vídeo e Cinema . Na sua sétima edição, que acontece de 17 a 22 de novembro, a atividade promete levar cinema para mais perto dos santa-marienses.

 Teatro lotado, praça cheia. Olhos atentos aos pronunciamentos e declarações dos organizadores, apoiadores e realizadores da sétima edição do Santa Maria Vídeo e Cinema, o SMVC. 

                                                            

Ainda frente à administração da cidade, Valdeci de Oliveira mencionou a importância do evento para a cidade.“Realizar a sétima edição dessa atividade tão grandiosa que é o Santa Maria Vídeo e Cinema demonstra o quanto de potencial a cidade possui, não só para apoiar a cultura como para fazer cultura”, salientou.

O prefeito destacou ainda o tema em enfoque este ano, e seu orgulho em poder participar deste projeto desde o ano de seu surgimento “Me sinto honrado em poder dizer que junto com outras pessoas protagonizamos o SMVC e que encerro meu mandato presente na edição que comemora os 150 anos da cidade”.

Após as manifestações de abertura, os espectadores presentes na abertura do festival assistiram ao vídeo que homenageia Pedro Freire Junior. Apaixonado pelas artes cênicas, pelo cinema, e pelas artes em geral, Freire era formado em Direito, e fez parte do grupo que se mobilizou para produzir vídeos em super 8 na década de 70.

Cerimônias à parte, a primeira noite do festival teve seqüência com a mostra competitiva de Santa Maria e da Região. Doze curtas locais foram apresentados e avaliados pela comissão e em júri popular. Das apresentações, pode se tirar a expectativa para os próximos dias do evento. “Acho que a partir do que for apresentado, podemos perceber que vamos ter como característica deste festival a qualidade cinematográfica”, mencionou a estudante de Publicidade e Propaganda, Priscila Foletto.

Apóiam e promovem o evento a ONG Santa Maria Vídeo e Cinema;  a Prefeitura Municipal, através da Lei de Incentivo à Cultura; a RBS-TV; os Correios  e o governo federal. Estiveram presentes na primeira noite de SMVC, o prefeito Valdeci de Oliveira, o gerente regional da RBS-TV,  Neimar Beschoren, e o secretário de Cultura, José Zanella.

Toda a programação do evento pode ser conferida no site: http://www.smvc.org.br/

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Foram meses sem salas de cinema. Entretanto isso nunca interferiu na paixão de Santa Maria pela sétima arte. Os cineclubes davam conta de manter os cinéfilos bem servidos. Foi então que, há pouco tempo, a população teve novamente a possibilidade de desfrutar das salas escuras e dos lançamentos do cinema. No ano mais conflitante para o cinema local, novembro agrega mais uma comemoração para a produção audiovisual da cidade: o festival Santa Maria Vídeo e Cinema . Na sua sétima edição, que acontece de 17 a 22 de novembro, a atividade promete levar cinema para mais perto dos santa-marienses.

 Teatro lotado, praça cheia. Olhos atentos aos pronunciamentos e declarações dos organizadores, apoiadores e realizadores da sétima edição do Santa Maria Vídeo e Cinema, o SMVC. 

                                                            

Ainda frente à administração da cidade, Valdeci de Oliveira mencionou a importância do evento para a cidade.“Realizar a sétima edição dessa atividade tão grandiosa que é o Santa Maria Vídeo e Cinema demonstra o quanto de potencial a cidade possui, não só para apoiar a cultura como para fazer cultura”, salientou.

O prefeito destacou ainda o tema em enfoque este ano, e seu orgulho em poder participar deste projeto desde o ano de seu surgimento “Me sinto honrado em poder dizer que junto com outras pessoas protagonizamos o SMVC e que encerro meu mandato presente na edição que comemora os 150 anos da cidade”.

Após as manifestações de abertura, os espectadores presentes na abertura do festival assistiram ao vídeo que homenageia Pedro Freire Junior. Apaixonado pelas artes cênicas, pelo cinema, e pelas artes em geral, Freire era formado em Direito, e fez parte do grupo que se mobilizou para produzir vídeos em super 8 na década de 70.

Cerimônias à parte, a primeira noite do festival teve seqüência com a mostra competitiva de Santa Maria e da Região. Doze curtas locais foram apresentados e avaliados pela comissão e em júri popular. Das apresentações, pode se tirar a expectativa para os próximos dias do evento. “Acho que a partir do que for apresentado, podemos perceber que vamos ter como característica deste festival a qualidade cinematográfica”, mencionou a estudante de Publicidade e Propaganda, Priscila Foletto.

Apóiam e promovem o evento a ONG Santa Maria Vídeo e Cinema;  a Prefeitura Municipal, através da Lei de Incentivo à Cultura; a RBS-TV; os Correios  e o governo federal. Estiveram presentes na primeira noite de SMVC, o prefeito Valdeci de Oliveira, o gerente regional da RBS-TV,  Neimar Beschoren, e o secretário de Cultura, José Zanella.

Toda a programação do evento pode ser conferida no site: http://www.smvc.org.br/