Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Vestibular de Verão 2009: à espera do listão

Há uma hora e meia do término do Vestibular de Verão 2009 da Unifra, alguns candidatos já circulavam pelo pátio do Conjunto I. O segundo dia de prova exigiu raciocínio lógico e teórico dos vestibulandos. A maioria dos entrevistados pela Agência CentralSul considerou o teste desta manhã mais difícil. A tarefa agora é aguardar para conferir o resultado na próxima sexta-feira, dia 12 de dezembro.

 

 
Uma das primeiras a sair da sala, por volta das 9h, a candidata ao curso de Fisioterapia, Gabriela Pimentel, achou a prova difícil, em especial às questões de história e geografia. “Mesmo assim espero passar”, comenta.
           
 
A concorrente do curso de Direito, Luana Silveira, também teve dificuldades nas perguntas de História e Matemática, mas conta que apesar disto, estava tranqüila. 
 
 
Tiago Fernandes, concorrente de Direito, optou por não conferir o gabarito, mas acha que foi melhor ontem: “A prova estava difícil, principalmente as questões de matemática”.
 
 
A candidata ao curso de Odontologia, Belize Real, preferiu conferir o gabarito: “Fiquei tranqüila. Ontem acertei 35, mas espero ter ido melhor hoje”.
          
 
 
Outro candidato a Fisioterapia, Adrian Pereira da Silva, diz que a prova de hoje foi mais difícil: “O pior foi Matemática”.
           
           
À exceção dos outros entrevistados, Cynthia Franco Menini, vestibulanda de Direito, considerou a prova de hoje mais fácil que a de ontem: “Apesar disso, Química estava difícil”, argumenta.

 

 

 

Balanço final

Após meses de preparação para que tudo transcorresse bem no Vestibular, a reitora Irani Rupolo avalia o processo seletivo como bem sucedido. Depois de percorrer as salas de aula, onde são realizadas as provas, ela agradece a colaboração de todos os envolvidos: “Tudo está mui to bem organizado. Foi tranqüilo durante os dois dias”, analisa.

 
A reitora comenta que o número de abstenção foi até abaixo da expectativa. No campus I, 60 vestibulandos não compareceram nos dois dias, representando 6,8%. “Esperávamos que a abstenção ultrapassasse os 7%”, aponta a profª Irani.

Ela ainda salienta que o tema da Redação deste ano está apropriado às questões atuais: “Gostei da escolha do tema. Que bom que se está discutindo a qualidade do ensino. Há uma preocupante desvalorização da educação”. A reitora afirma que a greve no estado representou um bom momento para a reflexão e conscientização dos estudantes: “A redação é um meio dos jovens se expressarem”.

 

Fotos: Carolina Moro e Gabriela Perufo (Laboratório de Fotografia e Memória)

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Há uma hora e meia do término do Vestibular de Verão 2009 da Unifra, alguns candidatos já circulavam pelo pátio do Conjunto I. O segundo dia de prova exigiu raciocínio lógico e teórico dos vestibulandos. A maioria dos entrevistados pela Agência CentralSul considerou o teste desta manhã mais difícil. A tarefa agora é aguardar para conferir o resultado na próxima sexta-feira, dia 12 de dezembro.

 

 
Uma das primeiras a sair da sala, por volta das 9h, a candidata ao curso de Fisioterapia, Gabriela Pimentel, achou a prova difícil, em especial às questões de história e geografia. “Mesmo assim espero passar”, comenta.
           
 
A concorrente do curso de Direito, Luana Silveira, também teve dificuldades nas perguntas de História e Matemática, mas conta que apesar disto, estava tranqüila. 
 
 
Tiago Fernandes, concorrente de Direito, optou por não conferir o gabarito, mas acha que foi melhor ontem: “A prova estava difícil, principalmente as questões de matemática”.
 
 
A candidata ao curso de Odontologia, Belize Real, preferiu conferir o gabarito: “Fiquei tranqüila. Ontem acertei 35, mas espero ter ido melhor hoje”.
          
 
 
Outro candidato a Fisioterapia, Adrian Pereira da Silva, diz que a prova de hoje foi mais difícil: “O pior foi Matemática”.
           
           
À exceção dos outros entrevistados, Cynthia Franco Menini, vestibulanda de Direito, considerou a prova de hoje mais fácil que a de ontem: “Apesar disso, Química estava difícil”, argumenta.

 

 

 

Balanço final

Após meses de preparação para que tudo transcorresse bem no Vestibular, a reitora Irani Rupolo avalia o processo seletivo como bem sucedido. Depois de percorrer as salas de aula, onde são realizadas as provas, ela agradece a colaboração de todos os envolvidos: “Tudo está mui to bem organizado. Foi tranqüilo durante os dois dias”, analisa.

 
A reitora comenta que o número de abstenção foi até abaixo da expectativa. No campus I, 60 vestibulandos não compareceram nos dois dias, representando 6,8%. “Esperávamos que a abstenção ultrapassasse os 7%”, aponta a profª Irani.

Ela ainda salienta que o tema da Redação deste ano está apropriado às questões atuais: “Gostei da escolha do tema. Que bom que se está discutindo a qualidade do ensino. Há uma preocupante desvalorização da educação”. A reitora afirma que a greve no estado representou um bom momento para a reflexão e conscientização dos estudantes: “A redação é um meio dos jovens se expressarem”.

 

Fotos: Carolina Moro e Gabriela Perufo (Laboratório de Fotografia e Memória)