Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Chuva ainda ameaça a comunidade

A previsão de chuva para esta sexta-feira
não agrada aqueles que foram atingidos por elas no último final de
semana.  Segundo a Central de Meteorologia, a boa notícia é que
dessa vez a chuva virá sem ventos fortes nem queda de granizo. 
O que ameniza um pouco a dor de quem perdeu tudo na enxurrada.

O coordenador geral da Defesa Civil
de Santa Maria, Cladmir Cordeiro do Nascimento, conta que cerca de 600
residências da cidade foram atingidas. Os bairros, Nova Santa Marta
e Campestre Menino Deus, foram os mais afetados pela chuva. Esse é
o momento de se unir em prol dessas comunidades: “A gente espera que
Santa Maria possa se unir num gesto de solidariedade e responsabilidade
cidadã” salienta o coordenador.

A Defesa Civil, os Bombeiros e a CACISM
estão arrecadando doações, para que as famílias possam reconstruir
seus lares. Com a previsão de chuva, a prioridade é a distribuição
de lonas à comunidade: “A nossa intenção é atender os atingidos,
distribuindo lonas para que as famílias possam proteger os bens que
ainda restaram dentro de casa”, comenta Cladmir Nascimento.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

A previsão de chuva para esta sexta-feira
não agrada aqueles que foram atingidos por elas no último final de
semana.  Segundo a Central de Meteorologia, a boa notícia é que
dessa vez a chuva virá sem ventos fortes nem queda de granizo. 
O que ameniza um pouco a dor de quem perdeu tudo na enxurrada.

O coordenador geral da Defesa Civil
de Santa Maria, Cladmir Cordeiro do Nascimento, conta que cerca de 600
residências da cidade foram atingidas. Os bairros, Nova Santa Marta
e Campestre Menino Deus, foram os mais afetados pela chuva. Esse é
o momento de se unir em prol dessas comunidades: “A gente espera que
Santa Maria possa se unir num gesto de solidariedade e responsabilidade
cidadã” salienta o coordenador.

A Defesa Civil, os Bombeiros e a CACISM
estão arrecadando doações, para que as famílias possam reconstruir
seus lares. Com a previsão de chuva, a prioridade é a distribuição
de lonas à comunidade: “A nossa intenção é atender os atingidos,
distribuindo lonas para que as famílias possam proteger os bens que
ainda restaram dentro de casa”, comenta Cladmir Nascimento.