Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Encontro Nacional de Professores de Jornalismo amplia defesa do diploma

Nesta semana, as atenções do movimento em defesa do diploma de Jornalismo se voltam para Belo Horizonte, onde,  a partir de hoje, dia 17, até domingo, 19, acontece o 12º Encontro Nacional de Professores de Jornalismo. A coordenação da campanha está acompanhando diariamente a definição da pauta das sessões do Supremo Tribunal Federal.
Tendo como tema central “O Ensino de Jornalismo nas Universidades: Impactos na Prática Profissional e Conquistas para a Sociedade”, o 12º Encontro Nacional de Professores de Jornalismo acontece com os debates concentrados na revisão das diretrizes curriculares dos cursos de Jornalismo e no Recurso Extraordinário nº 511.961, que questiona a exigência de diploma de curso superior em Jornalismo como requisito para o exercício da profissão.

Dirigentes da Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ )  – que durante o evento realizará seu 8º Pré-Forum – e do Sindicato dos Jornalistas de Minas Gerais prepararam diversos materiais para distribuição no Encontro, promovido pelo Fórum Nacional de Professores de Jornalismo (FNPJ), que integra a coordenação da campanha. Pretendem fortalecer o movimento, também, no 3º Encontro Nacional de Coordenadores de Cursos de Jornalismo, que integra a programação do 12º ENPJ e acontece nesta sexta-feira, dia 17, a partir das 9 horas.

 
 O curso de Comunicação Social – Jornalismo da Unifra participa do Encontro Nacional de Professores. A profª Sione Gomes leva na bagagem a certeza de defesa do diploma: "entendo que a formação profissional universitária é fundamental", diz ela. "Ser jornalista é muito mais do que saber escrever ou usar adequadamente o microfone. É no período de vivência universitária que o estudante tem a possibilidade – por meio da proposta focada, quando de um curso de jornalismo – de perceber que a profissão é algo muito maior que compreender teorias, aprender técnicas, dominar equipamentos. A mescla de todos os aspectos, devidamente contrabalanceada com muita reflexão, é que pode contribuir para que se tenha jornalistas responsáveis, conscientes da responsabilidade que têm em mãos, cientes do papel que a comunicação desempenha na sociedade".
 
Sione Gomes destaca que o encontro em Belo Horizonte é uma oportunidade importante para ampliação da discussão e, em sintonia com o momento de preocupação com a profissão, debate os impactos do ensino do jornalismo na prática profissional e nas conquistas da sociedade. "Um dos aspectos importantes a serem discutidos, ainda na manhã desta sexta, são as novas diretrizes curriculares para os cursos de jornalismo. A participação da Unifra, junto com professores e coordenadores de cursos de diversos estados, visa acompanhar de perto a discussão, buscando alternativas para que não se abra mão de espaços importantes já conquistados", complementa.
 
 

Com informações da Fenaj
Foto: arquivo/ Agência CentralSul

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Nesta semana, as atenções do movimento em defesa do diploma de Jornalismo se voltam para Belo Horizonte, onde,  a partir de hoje, dia 17, até domingo, 19, acontece o 12º Encontro Nacional de Professores de Jornalismo. A coordenação da campanha está acompanhando diariamente a definição da pauta das sessões do Supremo Tribunal Federal.
Tendo como tema central “O Ensino de Jornalismo nas Universidades: Impactos na Prática Profissional e Conquistas para a Sociedade”, o 12º Encontro Nacional de Professores de Jornalismo acontece com os debates concentrados na revisão das diretrizes curriculares dos cursos de Jornalismo e no Recurso Extraordinário nº 511.961, que questiona a exigência de diploma de curso superior em Jornalismo como requisito para o exercício da profissão.

Dirigentes da Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ )  – que durante o evento realizará seu 8º Pré-Forum – e do Sindicato dos Jornalistas de Minas Gerais prepararam diversos materiais para distribuição no Encontro, promovido pelo Fórum Nacional de Professores de Jornalismo (FNPJ), que integra a coordenação da campanha. Pretendem fortalecer o movimento, também, no 3º Encontro Nacional de Coordenadores de Cursos de Jornalismo, que integra a programação do 12º ENPJ e acontece nesta sexta-feira, dia 17, a partir das 9 horas.

 
 O curso de Comunicação Social – Jornalismo da Unifra participa do Encontro Nacional de Professores. A profª Sione Gomes leva na bagagem a certeza de defesa do diploma: "entendo que a formação profissional universitária é fundamental", diz ela. "Ser jornalista é muito mais do que saber escrever ou usar adequadamente o microfone. É no período de vivência universitária que o estudante tem a possibilidade – por meio da proposta focada, quando de um curso de jornalismo – de perceber que a profissão é algo muito maior que compreender teorias, aprender técnicas, dominar equipamentos. A mescla de todos os aspectos, devidamente contrabalanceada com muita reflexão, é que pode contribuir para que se tenha jornalistas responsáveis, conscientes da responsabilidade que têm em mãos, cientes do papel que a comunicação desempenha na sociedade".
 
Sione Gomes destaca que o encontro em Belo Horizonte é uma oportunidade importante para ampliação da discussão e, em sintonia com o momento de preocupação com a profissão, debate os impactos do ensino do jornalismo na prática profissional e nas conquistas da sociedade. "Um dos aspectos importantes a serem discutidos, ainda na manhã desta sexta, são as novas diretrizes curriculares para os cursos de jornalismo. A participação da Unifra, junto com professores e coordenadores de cursos de diversos estados, visa acompanhar de perto a discussão, buscando alternativas para que não se abra mão de espaços importantes já conquistados", complementa.
 
 

Com informações da Fenaj
Foto: arquivo/ Agência CentralSul