Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Ferrari agita o Salão do Automóvel

Quem nuncasonhou ser proprietário de uma Ferrari? Aqueles que não têm um esportivo nagaragem de casa encontram na Feisma uma chance de conhecer o “Cavalo Rampante” da Scuderia. Nesse domingo, dia 8, osvisitantes tem a última oportunidade de ver de perto, na 24ª edição daMultifeira, um dos carros de alto desempenho fabricados pela empresa italiana.

A atraçãodivulga o trabalho de um empreendimento de acessórios automotivos, que retorna à Feisma após participar da primeira edição. “Há anos acompanhamos a evoluçãoda feira e chegou a hora de modificar”, explica o gerente Roberto Stangherlin.

Nos últimosanos, o grupo acompanha as mudanças da feira e após notar o crescimento e aproposta de inovar, resolveu voltar a participar com essa novidade. “Ferrarisignifica qualidade e audácia. É o que gostamos e procuramos destacar”,completa Stangherlin. Outro motivo é a aproximação do aniversário de 20 anos dafirma.

O veículoF430, ano 2007, é equipado com o alarme vendido pela companhia santa-mariense.A famosa arenagem sinuosa e vermelha possui ornamentos da marca do dispositivode segurança, pintados pelo mesmo profissional que decorava os capacetes deAirton Senna.

Até chegar aoSalão do Automóvel, a Ferrari percorreu um longo caminho. Segundo o vendedorEgberto Pavanatto, o carro, avaliado em um milhão de reais, partiu de SãoPaulo, escoltado por seguranças e conduzida por um motorista qualificado.

Ferrari eflashes

Os visitantesficam fascinados com a máquina, que faz mais de 300 km por hora. As reaçõessão sempre a mesmas: “Nossa”, “Incrível”, “Linda”. Até aqueles que não entendemmuito de veículos, encantam-se com as qualidades do esportivo. Os estudantesRafael dos Santos, 14 anos, e 

Guilherme Ramos, 14 anos, não paravam defotografar a Ferrari. “O painel não tem igual”, diz Santos. Já o vendedorAdriano Vasconcelos, 36 anos, contornava o esportivo tentando analisar cadadetalhe. Agora só falta fazer o test drive”, brinca. 

A Feismaocorre até hoje, dia 8 de novembro. Os portões ficam abertos até as 22h.

 

 

Fotografia:Evandro Sturm e Nicholas Fonseca (acadêmicos de Jornalismo)

 

Assessoria de Comunicação – orientação: Profª Sione Gomes

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem nuncasonhou ser proprietário de uma Ferrari? Aqueles que não têm um esportivo nagaragem de casa encontram na Feisma uma chance de conhecer o “Cavalo Rampante” da Scuderia. Nesse domingo, dia 8, osvisitantes tem a última oportunidade de ver de perto, na 24ª edição daMultifeira, um dos carros de alto desempenho fabricados pela empresa italiana.

A atraçãodivulga o trabalho de um empreendimento de acessórios automotivos, que retorna à Feisma após participar da primeira edição. “Há anos acompanhamos a evoluçãoda feira e chegou a hora de modificar”, explica o gerente Roberto Stangherlin.

Nos últimosanos, o grupo acompanha as mudanças da feira e após notar o crescimento e aproposta de inovar, resolveu voltar a participar com essa novidade. “Ferrarisignifica qualidade e audácia. É o que gostamos e procuramos destacar”,completa Stangherlin. Outro motivo é a aproximação do aniversário de 20 anos dafirma.

O veículoF430, ano 2007, é equipado com o alarme vendido pela companhia santa-mariense.A famosa arenagem sinuosa e vermelha possui ornamentos da marca do dispositivode segurança, pintados pelo mesmo profissional que decorava os capacetes deAirton Senna.

Até chegar aoSalão do Automóvel, a Ferrari percorreu um longo caminho. Segundo o vendedorEgberto Pavanatto, o carro, avaliado em um milhão de reais, partiu de SãoPaulo, escoltado por seguranças e conduzida por um motorista qualificado.

Ferrari eflashes

Os visitantesficam fascinados com a máquina, que faz mais de 300 km por hora. As reaçõessão sempre a mesmas: “Nossa”, “Incrível”, “Linda”. Até aqueles que não entendemmuito de veículos, encantam-se com as qualidades do esportivo. Os estudantesRafael dos Santos, 14 anos, e 

Guilherme Ramos, 14 anos, não paravam defotografar a Ferrari. “O painel não tem igual”, diz Santos. Já o vendedorAdriano Vasconcelos, 36 anos, contornava o esportivo tentando analisar cadadetalhe. Agora só falta fazer o test drive”, brinca. 

A Feismaocorre até hoje, dia 8 de novembro. Os portões ficam abertos até as 22h.

 

 

Fotografia:Evandro Sturm e Nicholas Fonseca (acadêmicos de Jornalismo)

 

Assessoria de Comunicação – orientação: Profª Sione Gomes