Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Humor e crítica hoje à noite em Penápolis

O cartunista e professor  Máucio lança seu livro de cartuns – Penápolis – hoje, a partir das 19h, no shopping  Monet.

 

Máucio diz que Penápolis
é uma ideia que vem desde 2006, mas começou a ser escrita durante as
férias de janeiro deste ano. A pedido de muita gente o livro foi
produzido motivado pelos  frequentes questionamentos: “Máucio, e as galinhas?”,  "Escreva sobre as galinhas"!

Para
o cartunista, a escolha da galinha como figura principal, se deve a
várias reflexões. Desde questões no âmbito da psicologia, até as
experiências curiosas por parte do publico infantil. Ele relembra: “Um
tempo atrás quem tinha pátio, tinha galinha em casa. Hoje quando as
crianças vão à zona rural, deslumbram-se. É um animal interessante,
anatomicamente diferente, arisco, contudo esquecido, visto que hoje a
preocupação restringe-se a cães e gatos“.

Máucio
ainda comenta que todo humor para ser bom deve ser também uma crítica,
e Penápolis nada mais é que uma metáfora do mundo humano: “Rir de nós
mesmos, substitui a dor e junto vem uma reflexão prazerosa, algo
brilhante que o humor proporciona”,  pontua ele.

O livro rendeu comentários do desenhista Canini (do Zé Carioca), do quadrinhista Byrata, do
jornalista Marcelo Canellas e do psicanalista Abrão Slavutzky (Zero
Hora) que comenta:” Quem se envolver com os galináceos do Máucio vai
melhorar seu humor de forma mais econômica que ir ao analista”.

Penápolis já
está à venda em algumas bancas e livrarias da cidade. O preço de capa é
R$ 25, mas quem adquirí-lo hoje na estreia, leva por R$ 20, preço
promocional do lançamento.

 
 
 
Fotos: Gabriela Perufo (Laboratório de Fotografia e Memória)

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

O cartunista e professor  Máucio lança seu livro de cartuns – Penápolis – hoje, a partir das 19h, no shopping  Monet.

 

Máucio diz que Penápolis
é uma ideia que vem desde 2006, mas começou a ser escrita durante as
férias de janeiro deste ano. A pedido de muita gente o livro foi
produzido motivado pelos  frequentes questionamentos: “Máucio, e as galinhas?”,  "Escreva sobre as galinhas"!

Para
o cartunista, a escolha da galinha como figura principal, se deve a
várias reflexões. Desde questões no âmbito da psicologia, até as
experiências curiosas por parte do publico infantil. Ele relembra: “Um
tempo atrás quem tinha pátio, tinha galinha em casa. Hoje quando as
crianças vão à zona rural, deslumbram-se. É um animal interessante,
anatomicamente diferente, arisco, contudo esquecido, visto que hoje a
preocupação restringe-se a cães e gatos“.

Máucio
ainda comenta que todo humor para ser bom deve ser também uma crítica,
e Penápolis nada mais é que uma metáfora do mundo humano: “Rir de nós
mesmos, substitui a dor e junto vem uma reflexão prazerosa, algo
brilhante que o humor proporciona”,  pontua ele.

O livro rendeu comentários do desenhista Canini (do Zé Carioca), do quadrinhista Byrata, do
jornalista Marcelo Canellas e do psicanalista Abrão Slavutzky (Zero
Hora) que comenta:” Quem se envolver com os galináceos do Máucio vai
melhorar seu humor de forma mais econômica que ir ao analista”.

Penápolis já
está à venda em algumas bancas e livrarias da cidade. O preço de capa é
R$ 25, mas quem adquirí-lo hoje na estreia, leva por R$ 20, preço
promocional do lançamento.

 
 
 
Fotos: Gabriela Perufo (Laboratório de Fotografia e Memória)