Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Idosos presenteiam Santa Maria com dez projetos

Para marcar o Dia do Idoso, integrantes do Núcleo Integrado de Estudos e Apoio à Terceira Idade (NIEATI) da UFSM, presentearam a cidade com a entrega do documento Santa Maria a 150 no século 21 – o que vemos, o que sentimos e o que queremos.


A entrega aconteceu em sessão na Câmara de Vereadores, nesta quinta-feira, 1º de outubro e também comemora os 25 anos do projeto com a terceira idade do município, criado pelo prof. José Francisco
Silva Dias, o Juca, que coordenou todo o trabalho. 1º de outubro também é o Dia do Vereador.

São dez projetos que a terceira idade elaborou e quer ver a Câmara de Vereadores encaminhar para execução:

Uma República de Idosos (oportunizar moradia aos idosos)

Fábrica de Beleza 
(viabilizar fabricação de objetos de decoração)

A Praça é Nossa! (idosos participando da manutenção das
praças da cidade)

P.A. Preferencial ao Idoso (atendimento de saúde
preferencial aos idosos em situações de emergência)

Centro Dia para Idoso Carente (atendimento aos idosos
durante o dia, enquanto as famílias trabalham)

Oficina Permanente Cantando a Vida (incentivo à criação de
corais da terceira idade)

Oficina Permanente Pintando a Vida (incentivo à criação de
espaços de produção artística)

Oficina Permanente de Literatura – A Arte de Escrever
(incentivo à produção escrita e participação em concursos literários)

Núcleo de Trabalho Voluntário para Idosos ( inserção na
comunidade através de ações voluntárias)

Programa de Preparação à Aposentadoria para Todos
(programa de esclarecimento sobre direitos e possibilidades de vida futura com
qualidade)

 

O prof. Juca praticamente representa a terceira idade em Santa Maria. Ao longo de todos estes anos à frente do projeto Aluno Especial II (*) na Universidade Federal de Santa Maria, foram sendo construídas as propostas para serem apresentadas à comunidade. Hoje, ao expor o documento entregue aos vereadores, José Francisco Silva Dias se emocionou ao lembrar de antigos integrantes do Diretório Acadêmico da Terceira Idade: seu Alfeu Pizarro, dona Adelina Vargas, dona Rosa…

Hoje, quem falou em nome dos idosos foi a representante do Diretório do Aluno Especial II, Maria Antônia Ramos, que destacou: "A nossa idosa mais idosa é Santa Maria e ela merece nossa atenção para torná-la cada vez melhor". Maria Ramos falou dos direitos dos idosos, sobre o que eles querem, sobre conscientização da juventude. "O idoso, o aposentado, não gosta de ficar parado, queremos nos movimentar, ser ativos".

"Nós queremos que o idoso não seja mais visto como aquela pessoa que só espera receber, que é um pedinte, alguém limitado, um peso morto na sociedade. A maioria de nós já é ativa, estamos colaborando na sociedade, na universidade", enfatizou dona Maria Antônia.

A sessão da Câmara foi presidida pelo vereador Admar Pozzobon, porque o presidente da Casa estava em compromisso em Porto Alegre. Ele se comprometeu a encaminhar uma reunião com todos os parlamentares: "Vamos passar a cartilha para aqueles que não estavam presentes. Vamos fazer uma reunião para analisar com bastante carinho este projeto".

O documento Santa Maria a 150 no século 21 – o que vemos, o que sentimos e o que queremos
foi desenvolvido na disciplina Atividade Física na Terceira Idade. "A importância dele é exatamente poder discutir, propor e ajudar para que a cidade seja, mesmo, um lugar de todos, que gerações possam viver com qualidade", explica o idealizador, prof. Juca.

A programação na Câmara teve a participação do Coral da Terceira Idade. 

 

(*) O  projeto Aluno Especial II permite aos idosos frequentarem as aulas da Universidade sem terem que prestar o Vestibular.

 

 

 

Fotos: Diego Fontanella (Laboratório de Fotografia e Memória)


Reportagem: Francieli Jordão

 

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Para marcar o Dia do Idoso, integrantes do Núcleo Integrado de Estudos e Apoio à Terceira Idade (NIEATI) da UFSM, presentearam a cidade com a entrega do documento Santa Maria a 150 no século 21 – o que vemos, o que sentimos e o que queremos.


A entrega aconteceu em sessão na Câmara de Vereadores, nesta quinta-feira, 1º de outubro e também comemora os 25 anos do projeto com a terceira idade do município, criado pelo prof. José Francisco
Silva Dias, o Juca, que coordenou todo o trabalho. 1º de outubro também é o Dia do Vereador.

São dez projetos que a terceira idade elaborou e quer ver a Câmara de Vereadores encaminhar para execução:

Uma República de Idosos (oportunizar moradia aos idosos)

Fábrica de Beleza 
(viabilizar fabricação de objetos de decoração)

A Praça é Nossa! (idosos participando da manutenção das
praças da cidade)

P.A. Preferencial ao Idoso (atendimento de saúde
preferencial aos idosos em situações de emergência)

Centro Dia para Idoso Carente (atendimento aos idosos
durante o dia, enquanto as famílias trabalham)

Oficina Permanente Cantando a Vida (incentivo à criação de
corais da terceira idade)

Oficina Permanente Pintando a Vida (incentivo à criação de
espaços de produção artística)

Oficina Permanente de Literatura – A Arte de Escrever
(incentivo à produção escrita e participação em concursos literários)

Núcleo de Trabalho Voluntário para Idosos ( inserção na
comunidade através de ações voluntárias)

Programa de Preparação à Aposentadoria para Todos
(programa de esclarecimento sobre direitos e possibilidades de vida futura com
qualidade)

 

O prof. Juca praticamente representa a terceira idade em Santa Maria. Ao longo de todos estes anos à frente do projeto Aluno Especial II (*) na Universidade Federal de Santa Maria, foram sendo construídas as propostas para serem apresentadas à comunidade. Hoje, ao expor o documento entregue aos vereadores, José Francisco Silva Dias se emocionou ao lembrar de antigos integrantes do Diretório Acadêmico da Terceira Idade: seu Alfeu Pizarro, dona Adelina Vargas, dona Rosa…

Hoje, quem falou em nome dos idosos foi a representante do Diretório do Aluno Especial II, Maria Antônia Ramos, que destacou: "A nossa idosa mais idosa é Santa Maria e ela merece nossa atenção para torná-la cada vez melhor". Maria Ramos falou dos direitos dos idosos, sobre o que eles querem, sobre conscientização da juventude. "O idoso, o aposentado, não gosta de ficar parado, queremos nos movimentar, ser ativos".

"Nós queremos que o idoso não seja mais visto como aquela pessoa que só espera receber, que é um pedinte, alguém limitado, um peso morto na sociedade. A maioria de nós já é ativa, estamos colaborando na sociedade, na universidade", enfatizou dona Maria Antônia.

A sessão da Câmara foi presidida pelo vereador Admar Pozzobon, porque o presidente da Casa estava em compromisso em Porto Alegre. Ele se comprometeu a encaminhar uma reunião com todos os parlamentares: "Vamos passar a cartilha para aqueles que não estavam presentes. Vamos fazer uma reunião para analisar com bastante carinho este projeto".

O documento Santa Maria a 150 no século 21 – o que vemos, o que sentimos e o que queremos
foi desenvolvido na disciplina Atividade Física na Terceira Idade. "A importância dele é exatamente poder discutir, propor e ajudar para que a cidade seja, mesmo, um lugar de todos, que gerações possam viver com qualidade", explica o idealizador, prof. Juca.

A programação na Câmara teve a participação do Coral da Terceira Idade. 

 

(*) O  projeto Aluno Especial II permite aos idosos frequentarem as aulas da Universidade sem terem que prestar o Vestibular.

 

 

 

Fotos: Diego Fontanella (Laboratório de Fotografia e Memória)


Reportagem: Francieli Jordão