Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Lemon Tree no Cineclube Unifra

O Muro de Berlin, as Muralhas da China ou as barricadas do Maio francês. Todos eles dividiram povos e acirraram brigas. No Cineclube Unifra deste sábado, 7 de novembro, um pomar de limão ilustra a luta pela terra sagrada. Lemon Tree mostra o lado cítrico do conflito entre palestinos e israelenses, às 16h, no salão azul.

A viúva Salma tem uma plantação de limões no quintal de casa, do qual tira o seu sustento. Em virtude da chegada do ministro de Defesa de Israel, o serviço secreto identifica o pomar como possível ameaça terrorista ao ministro e exige a derrubada da plantação para a construção de um muro no lugar. Em contrapartida, Salma contrata um advogado, e recorre à Suprema Corte para continuar com seu pomar.

Lemon Tree é o segundo filme do diretor israelense Eran Riklis, que morou grande parte da vida no Rio de Janeiro. Por isso há referências do Brasil no filme: preste atenção em uma jaqueta que o advogado de Salma usa com a bandeira do Brasil e a inscrição champion, que faz menção ao futebol brasileiro.

A exibição do filme faz parte do projeto O Olhar Feminino no Cinema, coordenado pela professora Kytta Tonetto. Serão exibidos outros três filmes, que têm como eixo central a figura feminina sob vários ângulos frente às transformações do mundo. São eles: Casa de Areia, Laura e As Pontes de Madison.

Os filmes exibidos serão antecedidos por uma contextualização de um professor convidado. Neste sábado, quem explana sobre Lemon Tree é o professor Rondon de Castro, da UFSM.

LEMON TREE (Israel/França/Alemanha, 2008, 106 min.)

Sábado, 7 de novembro, às 16h no Cineclube Unifra

Salão Azul do Conjunto I (Andradas, 1614)

Entrada Franca

O Cineclube Unifra é uma atividade acadêmica, sem fins lucrativos que existe desde 2003 no Centro Universitário Franciscano. Os temas e respectivos filmes são discutidos e selecionados pelos alunos. A finalidade deste espaço cultural é discutir cinema, contribuir para a formação de um público crítico e estreitar os laços com a comunidade.

 

 

Divulgação:

LINC – Laboratório Integrado de Comunicação da Unifra (nucom.unifra@hotmail.com)

Professor responsável: Jornalista Bebeto Badke

Texto elaborado pela acadêmica de Jornalismo Flavia Alli  

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

O Muro de Berlin, as Muralhas da China ou as barricadas do Maio francês. Todos eles dividiram povos e acirraram brigas. No Cineclube Unifra deste sábado, 7 de novembro, um pomar de limão ilustra a luta pela terra sagrada. Lemon Tree mostra o lado cítrico do conflito entre palestinos e israelenses, às 16h, no salão azul.

A viúva Salma tem uma plantação de limões no quintal de casa, do qual tira o seu sustento. Em virtude da chegada do ministro de Defesa de Israel, o serviço secreto identifica o pomar como possível ameaça terrorista ao ministro e exige a derrubada da plantação para a construção de um muro no lugar. Em contrapartida, Salma contrata um advogado, e recorre à Suprema Corte para continuar com seu pomar.

Lemon Tree é o segundo filme do diretor israelense Eran Riklis, que morou grande parte da vida no Rio de Janeiro. Por isso há referências do Brasil no filme: preste atenção em uma jaqueta que o advogado de Salma usa com a bandeira do Brasil e a inscrição champion, que faz menção ao futebol brasileiro.

A exibição do filme faz parte do projeto O Olhar Feminino no Cinema, coordenado pela professora Kytta Tonetto. Serão exibidos outros três filmes, que têm como eixo central a figura feminina sob vários ângulos frente às transformações do mundo. São eles: Casa de Areia, Laura e As Pontes de Madison.

Os filmes exibidos serão antecedidos por uma contextualização de um professor convidado. Neste sábado, quem explana sobre Lemon Tree é o professor Rondon de Castro, da UFSM.

LEMON TREE (Israel/França/Alemanha, 2008, 106 min.)

Sábado, 7 de novembro, às 16h no Cineclube Unifra

Salão Azul do Conjunto I (Andradas, 1614)

Entrada Franca

O Cineclube Unifra é uma atividade acadêmica, sem fins lucrativos que existe desde 2003 no Centro Universitário Franciscano. Os temas e respectivos filmes são discutidos e selecionados pelos alunos. A finalidade deste espaço cultural é discutir cinema, contribuir para a formação de um público crítico e estreitar os laços com a comunidade.

 

 

Divulgação:

LINC – Laboratório Integrado de Comunicação da Unifra (nucom.unifra@hotmail.com)

Professor responsável: Jornalista Bebeto Badke

Texto elaborado pela acadêmica de Jornalismo Flavia Alli