Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Pássaro que faz a imaginação voar

O livro é o pássaro que faz sua imaginação voar. Esse é o slogan da Feira do Livro 2009, lançada hoje, às 19 hs, no auditório da Cooperativa dos Estudantes de Santa Maria, a Cesma.

O lançamento contou com a presença de várias autoridades: o secretário municipal da Cultura, representando o prefeito, João Luiz de Oliveira Roth; o diretor do Centro de Ciências Sociais e Humanas, representando o reitor da UFSM, professor Rogério Koff; a profª Cristina Jobim,  representando o Centro Universitário Franciscano; a representante da 8ª Coordenadoria Regional de Educação, Luiza Helena  Colsin; o presidente da Câmara do Livro de Santa Maria, Télcio Brezzolin; o presidente da Cesma, Luiz Alberto Cassol; a representante do SESI, Fátima Dutra; a representante do SESC, Tatiane Felipetto; a representante do curso de Comunicação Social da UFSM, Juliana Petermam; o presidente do Conselho Municipal de Cultura, Antonio Cândido  de Azambuja Ribeiro; a presidente da Academia Santa-mariense de Letras, Lígia Militz da Costa; o presidente da Casa do Poeta de Santa Maria, Auri Sudatti; o patrono da Feira do Livro adulto, Humberto Gabbi Zanatta; e o patrono da Feira Infantil, Jorge Ubiratã da Silva Lopes, o Byrata.

 José Bicca Larré, patrono da edição de 2008, também se fez presente. “Espero que esse ano seja um sucesso como foi o ano passado, de ano para ano a Feira tem crescido em vendas, em números de livros, expositores e escritores”, comenta o escritor que julga, do ponto de vista literário, ser  o maior evento cultural  da cidade.

 

 Para Byrata, o reconhecimento pelos seus vinte anos de trabalho na área, lhe causou muita honra. “Fiquei muito alegre em receber essa homenagem e em poder de certa forma contribuir com Santa Maria”. Refere-se à Feira como sendo o evento mais importante no sentido de agregar outras formas de artes. Quando questionado sobre as dificuldades financeiras enfrentadas pela organização do evento, o quadrinhista enfatiza: “A Feira deve e precisa crescer muito mais, deve se desvincular da dependência de tributos, tem que existir permanentemente”.   E destaca que “é preciso que os empresários se sensibilizem  para que a cidade se transforme de uma vez por todas na cidade cultura”.

 

 Para Zanatta, ser patrono agrega uma honra e uma responsabilidade. “É um privilégio poder representar os escritores da cidade, me considero homenageado”. Segundo ele, temos que retomar a idéia de que o livro e a cultura são importantes e o grande tripé pra incentivar isso, está na família, na escola e nos meios de comunicação, porque na medida em que os veículos derem mais espaço a atividades culturais e artísticas, “acho que vamos mudar um pouco esse perfil de um país ou de uma sociedade que não lê”. Em relação à questão financeira, assim como Byrata, ele ressalta a importância do apoio dos empresários locais. “Essa cidade, com todas as dificuldades que enfrenta, é um centro cultural de talentos. E com os esforços de sua própria força vai sobrevivendo.” E finaliza com um apelo para que as pessoas compareçam à Feira, em primeiro momento para visitar e, em segundo, para que não tenham medo de comprar livros.

Texto: Claudiane Veber (da Redação)

 

Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE MicrosoftInternetExplorer4

Feira do Livro 2009 abre no sábado, dia 25

 

A Praça Saldanha Marinho dá espaço ao mundo dos livros, a partir do dia 25 de abril, sábado, quando ocorre a abertura da Feira do Livro 2009, às 10h.

A Feira desta edição homenageia o médico e poeta Prado Veppo e tem como patrono da Feira adulta o advogado e jornalista Humberto Gabbi Zanatta e o ilustrador Byrata, na Feira infantil.

No ano passado, a Feira do Livro vendeu um total de 40.150 livros, distribuídos pelos 30 stands que estavam no local. A estimativa de público foi de 170.000 pessoas, sendo que 6.000 eram alunos que visitaram e prestigiaram os 68 autores que lançaram livros infantis.

A Feira do Livro 2009 vai de 25 de abril até 10 de maio, na Praça Saldanha Marinho. A Comissão Organizadora é composta pela Câmara do Livro, Curso de Comunicação Social da UFSM, Prefeitura Municipal de Santa Maria, Secretarias da Cultura, Educação e Turismo, 8ª Coordenadoria Regional de Educação, Sesi, Sesc, Unifra e Cesma.

 

ABERTURA DA FEIRA DO LIVRO 2009

SÁBADO, 25 DE ABRIL ÀS 10 HORAS

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: DE DOMINGO À SEXTA-FEIRA, DAS 13h às 20h / SÁBADOS, DAS 10h às 20h

PRAÇA SALDANHA MARINHO

 

 

Divulgação:

Labcom (Laboratório de Comunicação Integrada) / 3025.9039 (nucom.unifra@hotmail.com)

Prof. responsável: jorn. Bebeto Badke

Acadêmica monitora: Maitê Alves Vallejos  

 

 

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

O livro é o pássaro que faz sua imaginação voar. Esse é o slogan da Feira do Livro 2009, lançada hoje, às 19 hs, no auditório da Cooperativa dos Estudantes de Santa Maria, a Cesma.

O lançamento contou com a presença de várias autoridades: o secretário municipal da Cultura, representando o prefeito, João Luiz de Oliveira Roth; o diretor do Centro de Ciências Sociais e Humanas, representando o reitor da UFSM, professor Rogério Koff; a profª Cristina Jobim,  representando o Centro Universitário Franciscano; a representante da 8ª Coordenadoria Regional de Educação, Luiza Helena  Colsin; o presidente da Câmara do Livro de Santa Maria, Télcio Brezzolin; o presidente da Cesma, Luiz Alberto Cassol; a representante do SESI, Fátima Dutra; a representante do SESC, Tatiane Felipetto; a representante do curso de Comunicação Social da UFSM, Juliana Petermam; o presidente do Conselho Municipal de Cultura, Antonio Cândido  de Azambuja Ribeiro; a presidente da Academia Santa-mariense de Letras, Lígia Militz da Costa; o presidente da Casa do Poeta de Santa Maria, Auri Sudatti; o patrono da Feira do Livro adulto, Humberto Gabbi Zanatta; e o patrono da Feira Infantil, Jorge Ubiratã da Silva Lopes, o Byrata.

 José Bicca Larré, patrono da edição de 2008, também se fez presente. “Espero que esse ano seja um sucesso como foi o ano passado, de ano para ano a Feira tem crescido em vendas, em números de livros, expositores e escritores”, comenta o escritor que julga, do ponto de vista literário, ser  o maior evento cultural  da cidade.

 

 Para Byrata, o reconhecimento pelos seus vinte anos de trabalho na área, lhe causou muita honra. “Fiquei muito alegre em receber essa homenagem e em poder de certa forma contribuir com Santa Maria”. Refere-se à Feira como sendo o evento mais importante no sentido de agregar outras formas de artes. Quando questionado sobre as dificuldades financeiras enfrentadas pela organização do evento, o quadrinhista enfatiza: “A Feira deve e precisa crescer muito mais, deve se desvincular da dependência de tributos, tem que existir permanentemente”.   E destaca que “é preciso que os empresários se sensibilizem  para que a cidade se transforme de uma vez por todas na cidade cultura”.

 

 Para Zanatta, ser patrono agrega uma honra e uma responsabilidade. “É um privilégio poder representar os escritores da cidade, me considero homenageado”. Segundo ele, temos que retomar a idéia de que o livro e a cultura são importantes e o grande tripé pra incentivar isso, está na família, na escola e nos meios de comunicação, porque na medida em que os veículos derem mais espaço a atividades culturais e artísticas, “acho que vamos mudar um pouco esse perfil de um país ou de uma sociedade que não lê”. Em relação à questão financeira, assim como Byrata, ele ressalta a importância do apoio dos empresários locais. “Essa cidade, com todas as dificuldades que enfrenta, é um centro cultural de talentos. E com os esforços de sua própria força vai sobrevivendo.” E finaliza com um apelo para que as pessoas compareçam à Feira, em primeiro momento para visitar e, em segundo, para que não tenham medo de comprar livros.

Texto: Claudiane Veber (da Redação)

 

Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE MicrosoftInternetExplorer4

Feira do Livro 2009 abre no sábado, dia 25

 

A Praça Saldanha Marinho dá espaço ao mundo dos livros, a partir do dia 25 de abril, sábado, quando ocorre a abertura da Feira do Livro 2009, às 10h.

A Feira desta edição homenageia o médico e poeta Prado Veppo e tem como patrono da Feira adulta o advogado e jornalista Humberto Gabbi Zanatta e o ilustrador Byrata, na Feira infantil.

No ano passado, a Feira do Livro vendeu um total de 40.150 livros, distribuídos pelos 30 stands que estavam no local. A estimativa de público foi de 170.000 pessoas, sendo que 6.000 eram alunos que visitaram e prestigiaram os 68 autores que lançaram livros infantis.

A Feira do Livro 2009 vai de 25 de abril até 10 de maio, na Praça Saldanha Marinho. A Comissão Organizadora é composta pela Câmara do Livro, Curso de Comunicação Social da UFSM, Prefeitura Municipal de Santa Maria, Secretarias da Cultura, Educação e Turismo, 8ª Coordenadoria Regional de Educação, Sesi, Sesc, Unifra e Cesma.

 

ABERTURA DA FEIRA DO LIVRO 2009

SÁBADO, 25 DE ABRIL ÀS 10 HORAS

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: DE DOMINGO À SEXTA-FEIRA, DAS 13h às 20h / SÁBADOS, DAS 10h às 20h

PRAÇA SALDANHA MARINHO

 

 

Divulgação:

Labcom (Laboratório de Comunicação Integrada) / 3025.9039 (nucom.unifra@hotmail.com)

Prof. responsável: jorn. Bebeto Badke

Acadêmica monitora: Maitê Alves Vallejos