Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Unifra e Feevale: uma troca de experiências

Nesta segunda-feira, dia 5, realizou-se na Unifra o Ciclo de Debates em Inovação.
O Ciclo iniciou com a palestra ministrada pela assessora de Pesquisa e
Inovação da Feevale, Elizabeth Cristina Drumm e pela acadêmica Giovana
Pujol. Os temas abordados foram a Incubadora Tecnológica e o Núcleo de
Inovação e Transferência de Tecnologia – NITT da Feevale. 
 
 
O Centro Universitário Feevale iniciou suas atividades em 1999 e hoje se destaca pela infra-estrutura. “Crescemos muito nesses 10 anos. Hoje muitos não acreditam que a Feevale tem tanta infra-estrutura e oferece serviços a empresas que estão iniciando e as que já estão na ativa. Muitos desconhecem isso”, argumenta Elizabeth Drumm.
 
 
A Feevale é uma entidade educacional e cultural, com autonomia didática, científica, administrativa e disciplinar que oferece diversos serviços para empresas da região. O principal objetivo da visita à Unifra é a troca de experiências. “Este relacionamento entre instituições traz sempre grandes inovações”, comenta a assessora. Quem também acredita na troca de experiências é a pró-reitora de Pesquisa e Extensão da Unifra, Solange Binotto Fagan: “A vinda da Feevale é uma grande troca de experiências entre as duas universidades. Estive visitando o Centro pouco tempo atrás e isso só reforçou o meu convite para que eles viessem até a Unifra", salienta Solange Fagan.
 

Um dos serviços oferecidos pela Feevale é o NITT, responsável pela gestão organizacional, recursos humanos, procedimentos operacionais do processo de registro, proteção e utilização dos direitos de propriedade intelectual de empresas. Além disso, ele promove a exploração comercial para melhor atender aos interesses da sociedade e ao desenvolvimento socioeconômico da região.

Outro serviço disponível é a Incubadora Tecnológica, que tem o objetivo de contribuir para o desenvolvimento socioeconômico da região, para a geração de novas empresas, empregos e renda e para a diversificação da economia local e regional.  A Incubadora apóia o desenvolvimento de empreendimentos tecnologicamente inovadores. A Feevale conta atualmente com 10 empresas incubadas.
 
Fotos:  Diego Fontanella  (Laboratório de Fotografia e Memória)

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Nesta segunda-feira, dia 5, realizou-se na Unifra o Ciclo de Debates em Inovação.
O Ciclo iniciou com a palestra ministrada pela assessora de Pesquisa e
Inovação da Feevale, Elizabeth Cristina Drumm e pela acadêmica Giovana
Pujol. Os temas abordados foram a Incubadora Tecnológica e o Núcleo de
Inovação e Transferência de Tecnologia – NITT da Feevale. 
 
 
O Centro Universitário Feevale iniciou suas atividades em 1999 e hoje se destaca pela infra-estrutura. “Crescemos muito nesses 10 anos. Hoje muitos não acreditam que a Feevale tem tanta infra-estrutura e oferece serviços a empresas que estão iniciando e as que já estão na ativa. Muitos desconhecem isso”, argumenta Elizabeth Drumm.
 
 
A Feevale é uma entidade educacional e cultural, com autonomia didática, científica, administrativa e disciplinar que oferece diversos serviços para empresas da região. O principal objetivo da visita à Unifra é a troca de experiências. “Este relacionamento entre instituições traz sempre grandes inovações”, comenta a assessora. Quem também acredita na troca de experiências é a pró-reitora de Pesquisa e Extensão da Unifra, Solange Binotto Fagan: “A vinda da Feevale é uma grande troca de experiências entre as duas universidades. Estive visitando o Centro pouco tempo atrás e isso só reforçou o meu convite para que eles viessem até a Unifra", salienta Solange Fagan.
 

Um dos serviços oferecidos pela Feevale é o NITT, responsável pela gestão organizacional, recursos humanos, procedimentos operacionais do processo de registro, proteção e utilização dos direitos de propriedade intelectual de empresas. Além disso, ele promove a exploração comercial para melhor atender aos interesses da sociedade e ao desenvolvimento socioeconômico da região.

Outro serviço disponível é a Incubadora Tecnológica, que tem o objetivo de contribuir para o desenvolvimento socioeconômico da região, para a geração de novas empresas, empregos e renda e para a diversificação da economia local e regional.  A Incubadora apóia o desenvolvimento de empreendimentos tecnologicamente inovadores. A Feevale conta atualmente com 10 empresas incubadas.
 
Fotos:  Diego Fontanella  (Laboratório de Fotografia e Memória)