Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

A misteriosa Paris de Polanski no Cineclube

O cinema sempre teve gênios incontestáveis atrás das câmeras. Cineastas visionários, criativos e talentosos. Em outubro, o Cineclube Unifra apresenta cinco desses ícones no ciclo Grandes Diretores. O primeiro é o polonês Roman Polanski, com o intenso Busca Frenética, neste sábado, dia 2, a partir das 4 da tarde.

 

Diretor de vários filmes cultuados (Chinatown, O Bebê de Rosemary), Polanski oferece, em Busca Frenética, uma de suas mais intrigantes tramas. Em Paris, o renomado cardiologista Richard Walker (Harrison Ford) mergulha em uma misteriosa jornada após o desaparecimento de sua esposa. Sem dominar o idioma local, o doutor deposita toda sua confiança em uma estranha – e atraente – jovem francesa, cujas motivações são as mais suspeitas possíveis.

 

Apesar de ser um filme de pouco impacto nas carreiras de Polanski e Ford, impressiona a maneira como ambos se empenharam na construção do longa. Enquanto o diretor constrói com imenso cuidado uma narrativa carregada de símbolos, o ator compõe um de seus personagens mais fascinantes, diferente dos heróis aos quais sua imagem sempre fora ligada.

 Não bastasse ser impecável visualmente, o filme ainda é um espetáculo aos ouvidos: ninguém menos que Ennio Morricone assina a trilha sonora. Polanski mostra uma Paris pouco conhecida, sombria e cheia de ruelas.  

BUSCA FRENÉTICA (EUA/FRANÇA 1988, 120 MIN)

DIREÇÃO: ROMAN POLANSKI

SÁBADO, 2 DE OUTUBRO, 16 HORAS, NO CINECLUBE UNIFRA

SALÃO AZUL DO CONJUNTO I (ANDRADAS, 1614)

ENTRADA FRANCA 

Próximas atrações do ciclo Grandes Diretores:

Dia 9, A Fonte da Donzela, direção Ingmar Bergman

Dia 16, Meu tio, direção Jacques Tati

Dia 23, Rashomon, direção Akira Kurosawa

Dia 30, Janela Indiscreta, direção Alfred Hitchcock

O Cineclube Unifra é uma atividade acadêmica, sem fins lucrativos, que existe desde 2003 no Centro Universitário Franciscano. Os temas e respectivos filmes são discutidos e selecionados pelos alunos. A finalidade deste espaço cultural é discutir cinema, contribuir para a formação de um público crítico e estreitar os laços com a comunidade. Divulgação:

LINC – Laboratório Integrado de Comunicação da Unifra (linc.unifra@hotmail.com)

Professor responsável: Jornalista Bebeto Badke

Texto elaborado pelo acadêmico de Jornalismo Giulianno Olivar

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

O cinema sempre teve gênios incontestáveis atrás das câmeras. Cineastas visionários, criativos e talentosos. Em outubro, o Cineclube Unifra apresenta cinco desses ícones no ciclo Grandes Diretores. O primeiro é o polonês Roman Polanski, com o intenso Busca Frenética, neste sábado, dia 2, a partir das 4 da tarde.

 

Diretor de vários filmes cultuados (Chinatown, O Bebê de Rosemary), Polanski oferece, em Busca Frenética, uma de suas mais intrigantes tramas. Em Paris, o renomado cardiologista Richard Walker (Harrison Ford) mergulha em uma misteriosa jornada após o desaparecimento de sua esposa. Sem dominar o idioma local, o doutor deposita toda sua confiança em uma estranha – e atraente – jovem francesa, cujas motivações são as mais suspeitas possíveis.

 

Apesar de ser um filme de pouco impacto nas carreiras de Polanski e Ford, impressiona a maneira como ambos se empenharam na construção do longa. Enquanto o diretor constrói com imenso cuidado uma narrativa carregada de símbolos, o ator compõe um de seus personagens mais fascinantes, diferente dos heróis aos quais sua imagem sempre fora ligada.

 Não bastasse ser impecável visualmente, o filme ainda é um espetáculo aos ouvidos: ninguém menos que Ennio Morricone assina a trilha sonora. Polanski mostra uma Paris pouco conhecida, sombria e cheia de ruelas.  

BUSCA FRENÉTICA (EUA/FRANÇA 1988, 120 MIN)

DIREÇÃO: ROMAN POLANSKI

SÁBADO, 2 DE OUTUBRO, 16 HORAS, NO CINECLUBE UNIFRA

SALÃO AZUL DO CONJUNTO I (ANDRADAS, 1614)

ENTRADA FRANCA 

Próximas atrações do ciclo Grandes Diretores:

Dia 9, A Fonte da Donzela, direção Ingmar Bergman

Dia 16, Meu tio, direção Jacques Tati

Dia 23, Rashomon, direção Akira Kurosawa

Dia 30, Janela Indiscreta, direção Alfred Hitchcock

O Cineclube Unifra é uma atividade acadêmica, sem fins lucrativos, que existe desde 2003 no Centro Universitário Franciscano. Os temas e respectivos filmes são discutidos e selecionados pelos alunos. A finalidade deste espaço cultural é discutir cinema, contribuir para a formação de um público crítico e estreitar os laços com a comunidade. Divulgação:

LINC – Laboratório Integrado de Comunicação da Unifra (linc.unifra@hotmail.com)

Professor responsável: Jornalista Bebeto Badke

Texto elaborado pelo acadêmico de Jornalismo Giulianno Olivar