Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Dia Mundial da Saúde: Santa Maria imuniza contra a gripe A

A Organização Mundial da Saúde (OMS) comemora em 7 de abril, o Dia Mundial da Saúde com foco na urbanização. Em Santa Maria, o foco é a campanha de vacinação contra a gripe A (H1N1).

A Secretaria de Saúde do Município elaborou a campanha “Prevenção é o melhor remédio”. No dia 5 de abril, iniciou a terceira etapa de imunização voltada a adultos de 20 a 29 anos. A vacinação está disponível em 24 unidades de saúde. Segue também a segunda etapa, para crianças de seis meses e menores de dois anos, grávidas e doentes crônicos (exceto idosos), que ainda não receberam a dose. A secretaria avisa que todas as gestantes, indiferentemente do período de gestação, devem se vacinar.

Segundo a enfermeira Ilse Melo, responsável pela Unidade de Estratégia de Saúde da Família (ESF) Dom Antônio Reis, até agora aproximadamente 700 pessoas já foram imunizadas no local. “Há poucas grávidas se vacinando, mas acredito que o motivo é o contexto da nossa comunidade, com poucas gestantes”, explica a enfermeira. As doses das vacinas são distribuídas semanalmente pela Vigilância Sanitária às unidades locais, e tem como responsável a enfermeira Ana Motta.

“A Influenza A consiste em uma doença respiratória aguda (gripe), causada pelo vírus A (H1N1). Este novo subtipo do vírus da influenza é transmitido de pessoa a pessoa principalmente por meio da tosse ou espirro e de contato com secreções respiratórias de pessoas infectadas.” (fonte: Ministério da Saúde )

 

No próximo sábado, dia 10 de abril, será intensificada a imunização contra a gripe A no centro e em mais de 20 unidades de saúde. Durante todo o dia, os santa-marienses que se enquadrem na segunda e terceira etapas da campanha de estratégia nacional de imunização contra a gripe A poderão se vacinar. O atendimento será das 8h às 18h, sem fechar ao meio-dia. A ação montada pela Prefeitura prevê ainda a utilização da Unidade Móvel de Saúde, que ficará na Praça Saldanha Marinho, também das 8h às 18h. A secretaria de Saúde solicita que a população apresente a carteira de identidade, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou qualquer documento com foto.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) comemora em 7 de abril, o Dia Mundial da Saúde com foco na urbanização. Em Santa Maria, o foco é a campanha de vacinação contra a gripe A (H1N1).

A Secretaria de Saúde do Município elaborou a campanha “Prevenção é o melhor remédio”. No dia 5 de abril, iniciou a terceira etapa de imunização voltada a adultos de 20 a 29 anos. A vacinação está disponível em 24 unidades de saúde. Segue também a segunda etapa, para crianças de seis meses e menores de dois anos, grávidas e doentes crônicos (exceto idosos), que ainda não receberam a dose. A secretaria avisa que todas as gestantes, indiferentemente do período de gestação, devem se vacinar.

Segundo a enfermeira Ilse Melo, responsável pela Unidade de Estratégia de Saúde da Família (ESF) Dom Antônio Reis, até agora aproximadamente 700 pessoas já foram imunizadas no local. “Há poucas grávidas se vacinando, mas acredito que o motivo é o contexto da nossa comunidade, com poucas gestantes”, explica a enfermeira. As doses das vacinas são distribuídas semanalmente pela Vigilância Sanitária às unidades locais, e tem como responsável a enfermeira Ana Motta.

“A Influenza A consiste em uma doença respiratória aguda (gripe), causada pelo vírus A (H1N1). Este novo subtipo do vírus da influenza é transmitido de pessoa a pessoa principalmente por meio da tosse ou espirro e de contato com secreções respiratórias de pessoas infectadas.” (fonte: Ministério da Saúde )

 

No próximo sábado, dia 10 de abril, será intensificada a imunização contra a gripe A no centro e em mais de 20 unidades de saúde. Durante todo o dia, os santa-marienses que se enquadrem na segunda e terceira etapas da campanha de estratégia nacional de imunização contra a gripe A poderão se vacinar. O atendimento será das 8h às 18h, sem fechar ao meio-dia. A ação montada pela Prefeitura prevê ainda a utilização da Unidade Móvel de Saúde, que ficará na Praça Saldanha Marinho, também das 8h às 18h. A secretaria de Saúde solicita que a população apresente a carteira de identidade, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou qualquer documento com foto.