Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Drama de Ingmar Bergman é destaque do Cineclube

O mês de outubro é dedicado aos grandes diretores do cinema mundial no Cineclube Unifra. O sueco Ingmar Bergman dá continuidade com o vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 1961, A Fonte da Donzela, neste sábado, dia 9, às 4 horas da tarde.

 A Suécia do século XIV, dividida entre o cristianismo e o paganismo, é o cenário desta trágica história. Durante as comemorações da sexta-feira santa, a família cristã devota do fazendeiro Herr Töre (Max von Sydow) pede que a filha adolescente cumpra uma tradição: uma moça virgem deve levar velas à igreja, no vilarejo mais próximo. No caminho, a jovem é estuprada e morta por dois pastores. O questionamento da fé, vingança e redenção são alguns temas que Bergman aborda neste drama, com destaque para a belíssima fotografia em preto e branco, na perfeita utilização de luzes e sombras. E também, para a atuação do ator-fetiche Max Von Sydon em conflito com Deus. Inspirado em uma fábula sueca medieval, A Fonte da Donzela é indispensável para quem deseja compreender melhor a obra de Ingmar Bergman e por que ele é considerado um dos mestres da sétima arte. 

 

 

A FONTE DA DONZELA (SUÉCIA, 1960, 89 MIN)

DIREÇÃO: INGMAR BERGMAN

SÁBADO, 9 DE OUTUBRO, 16 HORAS NO CINECLUBE UNIFRA

SALÃO AZUL DO CONJUNTO I (ANDRADAS, 1614)

ENTRADA FRANCA

 

O Cineclube Unifra é uma atividade acadêmica, sem fins lucrativos, que existe desde 2003 no Centro Universitário Franciscano. Os temas e respectivos filmes são discutidos e selecionados pelos alunos. Também é de sua responsabilidade a criação de cartazes e material de divulgação para a imprensa. A finalidade deste espaço cultural é discutir cinema, contribuir para a formação de um público crítico e estreitar os laços com a comunidade.

 

 

Divulgação:

LINC – Laboratório Integrado de Comunicação da Unifra (linc.unifra@hotmail.com)
Professor responsável: Jornalista Bebeto Badke

Texto elaborado pela acadêmica de Jornalismo Ariéli Ziegler

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

O mês de outubro é dedicado aos grandes diretores do cinema mundial no Cineclube Unifra. O sueco Ingmar Bergman dá continuidade com o vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 1961, A Fonte da Donzela, neste sábado, dia 9, às 4 horas da tarde.

 A Suécia do século XIV, dividida entre o cristianismo e o paganismo, é o cenário desta trágica história. Durante as comemorações da sexta-feira santa, a família cristã devota do fazendeiro Herr Töre (Max von Sydow) pede que a filha adolescente cumpra uma tradição: uma moça virgem deve levar velas à igreja, no vilarejo mais próximo. No caminho, a jovem é estuprada e morta por dois pastores. O questionamento da fé, vingança e redenção são alguns temas que Bergman aborda neste drama, com destaque para a belíssima fotografia em preto e branco, na perfeita utilização de luzes e sombras. E também, para a atuação do ator-fetiche Max Von Sydon em conflito com Deus. Inspirado em uma fábula sueca medieval, A Fonte da Donzela é indispensável para quem deseja compreender melhor a obra de Ingmar Bergman e por que ele é considerado um dos mestres da sétima arte. 

 

 

A FONTE DA DONZELA (SUÉCIA, 1960, 89 MIN)

DIREÇÃO: INGMAR BERGMAN

SÁBADO, 9 DE OUTUBRO, 16 HORAS NO CINECLUBE UNIFRA

SALÃO AZUL DO CONJUNTO I (ANDRADAS, 1614)

ENTRADA FRANCA

 

O Cineclube Unifra é uma atividade acadêmica, sem fins lucrativos, que existe desde 2003 no Centro Universitário Franciscano. Os temas e respectivos filmes são discutidos e selecionados pelos alunos. Também é de sua responsabilidade a criação de cartazes e material de divulgação para a imprensa. A finalidade deste espaço cultural é discutir cinema, contribuir para a formação de um público crítico e estreitar os laços com a comunidade.

 

 

Divulgação:

LINC – Laboratório Integrado de Comunicação da Unifra (linc.unifra@hotmail.com)
Professor responsável: Jornalista Bebeto Badke

Texto elaborado pela acadêmica de Jornalismo Ariéli Ziegler