Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Novo shopping completa dois meses

Há dois meses em novo endereço, os trabalhadores informais já avaliam a movimentação e as vendas no Shopping Independência.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Desde o mês de junho, o camelódromo na avenida Rio Branco foi desativado. Depois da polêmica em torno da mudança dos comerciantes para o novo local, a movimentação nas novas instalações supera as expectativas de uns e causa o desapontamento de outros.

 

Irene Leimann trabalha com artesanato e comercializa seus produtos desde o início das feiras que aconteciam na Praça Saldanha Marinho. Hoje nas novas instalações, considera o shopping popular, como é chamado, uma ótima oportunidade para efetuar suas vendas e oferecer ao cliente mais conforto.

 

“O movimento é ilusório, as vendas não melhoraram porque as pessoas só entram para passear. Pelo menos é assim no segundo andar. Antes vendíamos o dobro na avenida”, conta Maila Cristina Souza, vendedora e filha de camelôs.

 

Rodmar Roatti, há 4 anos no comércio informal, relata o aumento das  vendas no Shopping Popular, onde as pessoas podem caminhar tranquilas e escolher seus produtos em um local mais adequado e para as compras.

 

A infraestrutura do shopping Independência, situado em frente à Praça Saldanha Marinho, abriga em dois andares, vendedores ambulantes, camelôs e artesãos distribuídos em cerca de 208 bancas. No último andar, possui uma praça de alimentação  com 17 boxes distribuídos entre restaurantes, lancherias e cafeterias.

O novo espaço possibilita que a Prefeitura dê início ao projeto de revitalização da avenida Rio Branco.

 

Fotos: Hálisson Barcelos (Laboratório de Fotografia e Memória)

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Há dois meses em novo endereço, os trabalhadores informais já avaliam a movimentação e as vendas no Shopping Independência.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Desde o mês de junho, o camelódromo na avenida Rio Branco foi desativado. Depois da polêmica em torno da mudança dos comerciantes para o novo local, a movimentação nas novas instalações supera as expectativas de uns e causa o desapontamento de outros.

 

Irene Leimann trabalha com artesanato e comercializa seus produtos desde o início das feiras que aconteciam na Praça Saldanha Marinho. Hoje nas novas instalações, considera o shopping popular, como é chamado, uma ótima oportunidade para efetuar suas vendas e oferecer ao cliente mais conforto.

 

“O movimento é ilusório, as vendas não melhoraram porque as pessoas só entram para passear. Pelo menos é assim no segundo andar. Antes vendíamos o dobro na avenida”, conta Maila Cristina Souza, vendedora e filha de camelôs.

 

Rodmar Roatti, há 4 anos no comércio informal, relata o aumento das  vendas no Shopping Popular, onde as pessoas podem caminhar tranquilas e escolher seus produtos em um local mais adequado e para as compras.

 

A infraestrutura do shopping Independência, situado em frente à Praça Saldanha Marinho, abriga em dois andares, vendedores ambulantes, camelôs e artesãos distribuídos em cerca de 208 bancas. No último andar, possui uma praça de alimentação  com 17 boxes distribuídos entre restaurantes, lancherias e cafeterias.

O novo espaço possibilita que a Prefeitura dê início ao projeto de revitalização da avenida Rio Branco.

 

Fotos: Hálisson Barcelos (Laboratório de Fotografia e Memória)