Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

O que a população pensa de placas e carros de propaganda política

eleicoes2010_poluicao2_fernanda.jpgConfira o que algumas pessoas pensam sobre carros de som que passam pelas ruas com jingles dos candidatos às eleições 2010 e também sobre as propagandas fixadas nos canteiros das vias públicas.

 

 

 

ENQUETE

eleicoes2010_enquete_poluicao_marialuiza_fernanda.jpgMaria Luíza de Oliveira – ocupação: dona de casa, idade: 62 anos

“As propagandas nos canteiros contribuem na hora de votar, mas desacredito cada vez mais em políticos”.

 

eleicoes2010_enquete_poluicao_luciana_fernanda.jpgLuciana da Silva e Silva –  ocupação: acadêmica de Letras, idade: 26 anos

“Na minha opinião as propagandas fazem parte da campanha e ela pode ser feita de todos os jeitos, porém os jingles dos carros  incomodam porque o barulho é constante”.

 

 

 Cristiano Medeiros – ocupação: estudante, idade: 20 anos

eleicoes2010_enquete_poluicao_cristiano_fernanda.jpg“Acho uma chatice, considero uma falta de respeito, o pior é que muitas vezes gravamos as músicas chatas na cabeça e isso até ajuda na hora de votar, quando decidimos de última hora”.

 

eleicoes2010_enquete_poluicao_marcelo_fernanda.jpg

 Marcelo Silva Ramos – ocupação: autônomo, idade: 48 anos

“A poluição visual e sonora não contribui em nada na hora de votar, o que conta mesmo são as execuções  dos projetos  daqueles que já atuam e também ser bairrista votando nos candidatos locais”.

 

 

eleicoes2010_enquete_poluicao_odair_fernanda.jpg Odair Guimarães – ocupação: estudante, idade: 24 anos

“É horrível, o carro de som passa toda hora perto do cursinho, as músicas dos candidatos atrapalham quando estamos estudando”.

 

 eleicoes2010_enquete_poluicao_evely_fernanda.jpg

Evely Marcele de Oliveira – ocupação: vendedora, idade: 20 anos

“Odeio os jingles dos políticos, sou totalmente contra poluição visual e sonora. As placas de políticos só poluem a cidade e não servem para nada”. 

Fotos: Fernanda Ramos (Laboratório de Fotografia e Memória) 

 

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

eleicoes2010_poluicao2_fernanda.jpgConfira o que algumas pessoas pensam sobre carros de som que passam pelas ruas com jingles dos candidatos às eleições 2010 e também sobre as propagandas fixadas nos canteiros das vias públicas.

 

 

 

ENQUETE

eleicoes2010_enquete_poluicao_marialuiza_fernanda.jpgMaria Luíza de Oliveira – ocupação: dona de casa, idade: 62 anos

“As propagandas nos canteiros contribuem na hora de votar, mas desacredito cada vez mais em políticos”.

 

eleicoes2010_enquete_poluicao_luciana_fernanda.jpgLuciana da Silva e Silva –  ocupação: acadêmica de Letras, idade: 26 anos

“Na minha opinião as propagandas fazem parte da campanha e ela pode ser feita de todos os jeitos, porém os jingles dos carros  incomodam porque o barulho é constante”.

 

 

 Cristiano Medeiros – ocupação: estudante, idade: 20 anos

eleicoes2010_enquete_poluicao_cristiano_fernanda.jpg“Acho uma chatice, considero uma falta de respeito, o pior é que muitas vezes gravamos as músicas chatas na cabeça e isso até ajuda na hora de votar, quando decidimos de última hora”.

 

eleicoes2010_enquete_poluicao_marcelo_fernanda.jpg

 Marcelo Silva Ramos – ocupação: autônomo, idade: 48 anos

“A poluição visual e sonora não contribui em nada na hora de votar, o que conta mesmo são as execuções  dos projetos  daqueles que já atuam e também ser bairrista votando nos candidatos locais”.

 

 

eleicoes2010_enquete_poluicao_odair_fernanda.jpg Odair Guimarães – ocupação: estudante, idade: 24 anos

“É horrível, o carro de som passa toda hora perto do cursinho, as músicas dos candidatos atrapalham quando estamos estudando”.

 

 eleicoes2010_enquete_poluicao_evely_fernanda.jpg

Evely Marcele de Oliveira – ocupação: vendedora, idade: 20 anos

“Odeio os jingles dos políticos, sou totalmente contra poluição visual e sonora. As placas de políticos só poluem a cidade e não servem para nada”. 

Fotos: Fernanda Ramos (Laboratório de Fotografia e Memória)